quinta, 01 dezembro 2022
quinta, 05 maio 2022 14:52

Está de regresso a Feira da Bifana de Vendas Novas, após dois anos de interregno devido à pandemia de Covid-19

Escrito por
As bifanas de Vendas Novas começaram por ser confeccionadas há mais de 30 anos num café junto à Estrada Nacional 4 As bifanas de Vendas Novas começaram por ser confeccionadas há mais de 30 anos num café junto à Estrada Nacional 4 DR

Após dois anos de interregno devido à pandemia de Covid-19, o Município de Vendas Novas volta a organizar a feira dedicada às famosas bifanas desta cidade do distrito de Évora.
 
A Feira da Bifana, iniciativa que vai para a sua 3ª edição, decorre de 20 a 22 de Maio, na Parada D. Pedro V, e conta com a participação de oito estabelecimentos locais, detentores da marca “Bifanas de Vendas Novas”.
 
Em declarações à LUSA, o Presidente da Câmara Municipal de Vendas Novas, Luís Dias, afirmou que este “é o momento em que elevamos a bifana de Vendas Novas a um patamar mais alto, juntando todas as casas de bifanas registadas num único evento”.
 
Segundo a autarquia, o certame pretende consolidar Vendas Novas como “capital da bifana”, criar diferenciação deste produto em relação a outros similares e promover os estabelecimentos participantes e o território como destino gastronómico.
 
Nesta terceira edição do certame, que tem entrada gratuita e que conta com o apoio de várias entidades e empresas, os visitantes vão poder degustar as bifanas de Vendas Novas apresentadas pelas casas “100% Bifanas Originais”, “Bifanas & Companhia”, “A Chaminé”, “QM QB”, “Mercado das Bifanas”, “Mostarda QB”, “O Silva” e a roulote “O Menino de Ouro”.
 
Ainda em declarações à LUSA, o autarca de Vendas Novas assinalou que este produto gastronómico local ficou “dois anos sem promoção”, admitindo que o impacto no sector, devido à pandemia de Covid-19, foi grande.
 
Temos consciência de que o impacto económico para as casas de bifanas e para as economias que dependem da bifana de Vendas Novas foi severo e muito difícil de superar”, tal como aconteceu “em relação à restauração em geral”, sublinhou.
 
Este regresso da Feira da Bifana tem como principal novidade o novo espaço em que se realiza, pois deixa o Parque de Feiras e Mercados, onde decorreu nas primeiras duas edições, para se mudar para a Parada D. Pedro V, junto aos edifícios do Paços do Concelho e do Regimento de Artilharia nº 5.
 
É um espaço central, junto ao coração da cidade, com mais condições para acolher quem nos visita” frisou Luís Dias.
 
A animação cultural será assegurada por Miguel Azevedo (sexta-feira), pela “Remember Revival Band” (sábado), e pelos “Sons do Minho” (domingo). A estes juntam-se as bandas de rua “Ruído à Portuguesa”, “Bandinha Amigos da Música” e “Toma Lá 5”, cante alentejano com “Era uma Vez… O Cante”, a Tuna da Escola Secundária de Vendas Novas e bailes com Thy-Subry e Telmo Falcão. Haverá também artesanato, produtos locais e divertimentos infantis e o concurso “Rei & Rainha da Bifana”, que voltará a premiar quem conseguir comer mais bifanas em 10 minutos.
 
A abertura das portas da Feira da Bifana está marcada para as 18 horas de dia 20, e o fecho para as 00 horas do dia 22.
 
As bifanas de Vendas Novas, que começaram por ser confeccionadas há mais de 30 anos num café junto à Estrada Nacional 4 (EN4), via que atravessa a cidade, são conhecidas por todo o país e são marca registada desde 2011.
 
c/ LUSA
Modificado em quinta, 05 maio 2022 23:24

Deixe um comentário

PUB