domingo, 25 setembro 2022

A Estação Náutica de Alandroal, que se encontra na fase final do processo de certificação, teve na passada semana a primeira reunião do seu Conselho, numa iniciativa levada a cabo pelo Município de Alandroal.
 
O encontro decorreu no Restaurante Raya, localizado na Praia Fluvial das Azenhas D´El Rei, infraestrutura que dá corpo ao primeiro pólo da estação daquele concelho.
 
A assinatura do Protocolo de Colaboração com todos os parceiros que foram envolvidos desde a fase de candidatura da Estação Náutica e a apresentação e discussão do Plano de Actividades para o próximo ano foram os principais objectivos da sessão. O Município liderado por João Grilo pretende agora alargar a rede de parceiros locais.
 
O Município de Alandroal está a fazer uma grande aposta na valorização do seu potencial náutico, associado, em especial, a Alqueva. Depois do investimento de um milhão de euros realizado no pólo de Montejuntos, projecta agora novos investimentos nos futuros pólos de Juromenha e Rosário (Águas Frias).
 
Estamos muito satisfeitos com o retorno que estamos a receber desta aposta, quer em aumento do número de visitantes, quer na fixação de residência de novos habitantes, assim como todas as dinâmicas locais que daqui resultam. Sem dúvida que é um dos caminhos a seguir para o desenvolvimento sustentado do concelho”, referiu o presidente da autarquia, João Grilo.
 
A Rede de Estações Náuticas de Portugal é coordenada pela Fórum Oceano e visa a criação e certificação de redes locais de ofertas turísticas náuticas de qualidade, organizadas a partir da valorização integrada dos recursos náuticos presentes num território, que inclui a oferta de alojamento, restauração, atividades náuticas e outras atividades e serviços relevantes para atração de turistas e outros utilizadores, acrescentando valor e criando experiências diversificadas e integradas.
Modificado em domingo, 18 setembro 2022 09:52

Para o ano lectivo 2022/2023, a Universidade de Évora () disponibilizou 1313 vagas, distribuídas por 38 cursos de Licenciatura e Mestrado Integrado, sendo que apenas cinco não preencheram a totalidade das vagas. Em comunicado, a academia eborense refere que “nos três últimos anos, o número de estudantes colocados na primeira fase na Universidade de Évora tem vindo a aumentar, correspondendo a um crescimento acumulado de 28 % relativamente a 2019/2020”.
 
Hermínia Vasconcelos Vilar, Reitora da Universidade de Évora salienta que estes são “excelentes resultados”. São números que comprovam, por um lado, “a crescente notoriedade e reconhecimento da Universidade de Évora” e que, por outro lado, “apontam para a viabilidade e sucesso das estratégias implementadas, quer ao nível do ensino, quer ao nível da investigação científica e inovação. Refiro-me neste ponto, à aposta na área da Saúde, com a Licenciatura em Ciências Biomédicas, que se estreou este ano e que preencheu a totalidade das vagas, mas também a aposta em áreas onde temos competências instaladas e reconhecidas”.
 
São sinais, reforça a Reitora da UÉ, “da dinâmica e da capacidade instalada” da instituição que dirige, “que se pauta pela qualidade dos ensinos em todos os ciclos de formação e por uma estratégia transversal, virada para a região e para a comunidade, mas também atenta às necessidades do país". Deste posicionamento têm resultado múltiplas parcerias, locais, nacionais e internacionais, quer com o tecido académico, que com o tecido empresarial, sem as quais, reconhece, “não seriam possíveis estes resultados”. A recente aprovação da EU GREEN, a aliança de universidades europeias recentemente aprovada e da qual faz parte, é paradigmática, ao criar uma rede sólida ao nível internacional, com evidentes vantagens para a comunidade local. 
 
A UÉ manteve a tendência de crescimento dos últimos anos em Licenciatura e Mestrado Integrado. Somando-se aos resultados da primeira fase do Concurso Nacional de Acesso (CNA), os colocados através das restantes vias de acesso (Maiores de 23, regimes especiais, concurso local em Música e estudantes internacionais), estima-se que o número de novos estudantes do 1º ciclo ultrapasse os dois mil neste ano lectivo 2022/23.
 
Para a segunda fase do CNA, que decorre entre 12 e 23 de Setembro, serão disponibilizadas todas as vagas sobrantes após as matrículas.
Modificado em domingo, 11 setembro 2022 12:59

Com 21 anos de idade e no serviço há cerca de cinco meses, um militar do Posto Territorial de Nisa da Guarda Nacional Republicana (GNR), terá sido detido pelo Comandante de Posto, algemado e deixado seminu numa cela durante quase seis horas, avança o Correio da Manhã.
 
Ainda de acordo com o Correio da Manhã, a detenção deveu-se ao facto de o militar se ter apresentado ao serviço embriagado, mas em termos formais, a detenção deveu-se a um acto de insubordinação. 
 
Citadas pelo matutino, fontes militares asseguram que a situação está a causar polémica no seio da GNR de Nisa e no seio do Comando Territorial de Portalegre da força de segurança, sendo apontadas internamente ao Comandante de Posto acusações de abuso de poder, detenção ilegal e, no limite, tortura ao guarda detido.
 
c/ Correio da Manhã
 
Modificado em sexta, 26 agosto 2022 11:31

Pelo terceiro ano consecutivo, o Município de Alandroal, a Fundação Manuel António da Mota e a Associação “Just a Change” estão a proceder à reabilitação de habitações das famílias mais necessitadas do concelho.
 
Em nota de imprensa enviada às redacções, a autarquia de Alandroal revela que “as intervenções”, que são levadas a cabo por voluntários com o apoio de mestres locais, “passam pela melhoria da habitabilidade geral, renovação de coberturas, criação de instalações sanitárias ou cozinhas”.
 
Ao que o Ardina do Alentejo conseguiu apurar, no Verão de 2022, serão realizadas quatro intervenções, que correspondem a outros tantos agregados familiares sinalizados em todo o concelho, num total de dez pessoas beneficiadas.
 
Segundo a edilidade alandroalense, o investimento total, “repartido em partes iguais entre o Município e a Fundação, ronda os 40 mil euros”. A Associação “Just a Change” mobiliza apoio técnico e 25 voluntários para ajudarem na concretização das obras.
 
Nos dois anos anteriores, foram investidos 40 mil euros em 2020 e 47 mil euros em 2021, em moldes semelhantes, o que correspondeu a nove habitações intervencionadas e 15 pessoas beneficiadas, tendo estado envolvidos 50 voluntários.
 
Estas intervenções são efectuadas em complemento ao Programa de Melhoramentos Habitacionais para Estratos Sociais Desfavorecidos do Município de Alandroal e a sua realização está integrada na Estratégia Local de Habitação desenvolvida pela autarquia liderada pelo socialista João Grilo.
 
A autarquia assevera que “graças a estas intervenções e à política de contínuo investimento em melhorias habitacionais para as famílias mais desfavorecidas, são já extremamente raras as situações limite no concelho”, estimando que “exceptuando situações muito particulares em que não é possível intervir por condicionalismos legais ou vontade dos proprietários, nos próximos dois anos serão eliminadas todas as situações de pobreza habitacional extrema no concelho”.
Modificado em quinta, 25 agosto 2022 17:00

Na sequência do embate do motociclo em que seguia contra um animal, mais concretamente um javali, uma pessoa morreu, na manhã desta quinta-feira, dia 25 de Agosto. Segundo informação avançada por fonte da Protecção Civil, o acidente ocorreu no Caminho Municipal 1095, na freguesia de Nossa Senhora de Machede, em Évora.
 
Fonte do Comando Distrital de Operações de Socorro (CDOS) de Évora referiu à LUSA que “o motociclo despistou-se ao embater num javali. Há uma vítima mortal”.
 
O alerta para o acidente, que ocorreu no Caminho Municipal 1095, no Monte da Herdade do Bussalfão, na freguesia de Nossa Senhora do Machede, no concelho de Évora, foi dado às 06:45 horas.
 
O corpo da vítima mortal, um homem de 45 anos, foi transportado para o Serviço de Medicina Legal do Hospital do Espírito Santo de Évora (HESE), acrescentou a mesma fonte policial.
 
No local do sinistro estiveram 16 operacionais, entre elementos dos Bombeiros Voluntários de Évora, da Guarda Nacional Republicana (GNR) e do Instituto Nacional de Emergência Médica (INEM), apoiados por oito veículos.
 
 
 
Modificado em quinta, 25 agosto 2022 10:04

Através do Posto Territorial de Reguengos de Monsaraz, o Comando Territorial de Évora da Guarda Nacional Republicana (GNR), entre os dias 17 e 21 de Agosto, realizou uma série de acções de fiscalização, que segundo a força de segurança, teve como objectivo “garantir a segurança rodoviária dos participantes e a legalidade e tranquilidade pública no recinto e acessos do Festival Andanças 2022”.
 
Em comunicado, a GNR adianta que das várias diligências efectuadas, “obtiveram-se os seguintes resultados operacionais:
• Um detido por tráfico de estupefacientes;
• Três detidos por condução sob o efeito do álcool;
• 11 autos por consumo de estupefaciente;
• 61 autos por contra-ordenação de âmbito rodoviário”. 
 
Na mesma nota, a GNR refere ainda que no decorrer da acção “foram apreendidos:
• 21,78 gramas de cogumelos alucinogénios;
• Oito doses haxixe;
• Duas doses de liamba”.
 
Esta acção contou com o reforço do Destacamento Territorial de Reguengos de Monsaraz, do Destacamento de Intervenção (DI) de Évora e do Destacamento de Trânsito (DT) de Évora.
Modificado em terça, 23 agosto 2022 15:44

Um morto e um ferido grave é o resultado de uma colisão entre dois veículos ligeiros de passageiros, ocorrida na madrugada de hoje, dia 21 de Agosto, domingo, na Estrada Nacional 255 (EN255), no concelho de Borba, revelou a Guarda Nacional Republicana (GNR) e a Protecção Civil.
 
Fonte do Comando Territorial de Évora da GNR revelou que a vítima mortal foi um homem, de 41 anos, enquanto que o ferido grave é “uma mulher, de 42 anos”.
 
Ao que o Ardina do Alentejo conseguiu apurar, a vítima mortal era residente em Vila Viçosa.
 
Segundo revelou ao nosso portal de informação o Comando Distrital de Operações de Socorro (CDOS) de Évora, o alerta para a colisão foi dado às 05:20 horas.
 
O CDOS acrescentou que o acidente aconteceu ao quilómetro 4,3 da EN255, entre Borba e Vila Viçosa
 
Ainda segundo aquilo que conseguimos apurar, o ferido grave foi transportado para o Hospital do Espírito Santo, em Évora, e a vítima mortal para o Serviço de Medicina Legal da mesma unidade hospitalar. 
 
Para o local do sinistro foram mobilizados 34 operacionais, dos Bombeiros, da GNR, e do Instituto Nacional de Emergência Médica (INEM), apoiados por 14 veículos.
 
 
Modificado em domingo, 21 agosto 2022 11:46

Na madrugada da passada sexta-feira, dia 19 de Agosto, nas proximidades de diversos estabelecimentos de diversão nocturna, no centro histórico da cidade de Évora, e no âmbito da prevenção do consumo e tráfico de produto estupefaciente que o Comando de Évora da Polícia de Segurança Pública realiza diariamente, a Esquadra de Intervenção e Fiscalização Policial (EIFP), através de uma das suas Equipas de Intervenção Rápida (EIR), interceptou e deteve um cidadão com 18 anos de idade, sendo-lhe apreendidas 180 doses de produto estupefaciente "haxixe", uma balança de precisão, bem como 75 euros que se suspeita terem sido resultado da venda daquele tipo de produto.
 
Segundo informou a força de segurança, em comunicado, "no mesmo dia foi ainda interceptado um cidadão com 19 anos de idade, na posse de 2.5 doses de haxixe, tendo sido elaborado o respectivo Auto de Notícia por Consumo de Produto Estupefaciente".
 
De salientar que esta acção surge também na sequência do policiamento efectuado em diversas áreas da cidade, dando continuidade a uma estratégia de manutenção da ordem pública e de segurança de pessoas e bens.
 
Modificado em sábado, 20 agosto 2022 12:50

O Pelouro da Juventude do Ayuntamiento de Badajoz, tendo como objectivo promover e potenciar a criatividade artística dos jovens, vai levar a efeito o Concurso Transfronteiriço de Jovens Criadores de Badajoz, os Prémios JABA, que no ano de 2022 celebram a sua 16ª edição.
 
A participação no “JABA 2022” está aberta a jovens nascidos ou residentes nas regiões da Extremadura ou do Alentejo, com idades compreendidas entre os 13 e os 35 anos. Os Prémios JABA estão divididos em duas categorias: Júnior, para participantes dos 13 aos 17 anos, e Adulto, para candidatos dos 18 aos 35 anos.
 
As categorias a concurso são Comics, Criação Audiovisual, Desenho Gráfico, Escultura, Fotografia, Fotojornalismo e Pintura. As obras participantes no certame terão de ser originais, de criação própria do candidato e não podem ter sido premiadas anteriormente em outros concursos.
 
Cada participante poderá apresentar, no máximo, dois trabalhos por categoria, à excepção de Desenho Gráfico, em que poderão concorrer com dois trabalhos para cada tema proposto: “Prémios JABA 2023 - XVII Certamen Transfronterizo de Creaciones Jóvenes” e “Programa Vive el Verano en Badajoz 2023”. O melhor desenho gráfico apresentado na temática “Prémios JABA 2023” será a imagem promocional do concurso em 2023, e de igual forma o melhor desenho gráfico apresentado na temática “Vive el Verano” será a imagem promocional deste programa do Ayuntamiento de Badajoz, no ano de 2023.
 
Segundo a autarquia de Badajoz, “esta será uma edição diferente, marcada pela celebração do ano de 2022 como o Ano Europeu da Juventude”. Desta forma, estará ainda a concurso, independentemente da categoria apresentada, um prémio especial para o melhor trabalho apresentado sob o lema “A Europa que tu necessitas”.
 
Os prémios a concurso são nove no valor de 800 euros, para os participantes dos 18 aos 35 anos, e cinco no valor de 400 euros, para as melhores obras apresentadas por jovens dos 13 aos 17 anos. No regulamento do concurso, está ainda definido que o júri poderá conceder as Menções Honrosas que achar convenientes.
 
O prazo para entrega das obras decorre de 1 a 31 de Outubro.
 
Para mais informações, todos os interessados poderão consultar o regulamento e a ficha de inscrição em https://juventudbadajoz.es/especial/xvi-premios-jaba-2022.
Modificado em sexta, 19 agosto 2022 10:29