quinta, 16 setembro 2021
quarta, 05 maio 2021 12:29

Operação Bad Way, da Polícia Judiciária, leva à detenção de 17 pessoas

Escrito por
Na sequência das detenções e buscas domiciliárias procedeu-se à apreensão de objectos relacionados com a prática criminosa Na sequência das detenções e buscas domiciliárias procedeu-se à apreensão de objectos relacionados com a prática criminosa DR e Pedro Soeiro

Em inquérito tutelado pelo Ministério Público de Estremoz, e contando com o apoio da Polícia de Segurança Pública (PSP) e da Guarda Nacional Republicana (GNR), a Polícia Judiciária (PJ) desencadeou no dia de hoje, 5 de Maio, quarta-feira, uma operação policial de combate ao cibercrime, denominada “Bad Way”, tendo procedido à detenção de 17 indivíduos, 11 homens e seis mulheres, presumíveis autores de centenas de crimes de burla informática agravada, falsidade informática e acesso ilegítimo.
 
Em comunicado enviado às redacções, a PJ revela que “a investigação iniciou-se há alguns meses, tendo por base vários casos de fraude perpetrados de forma organizada, com recurso à aplicação MBWay”.
 
Ainda na mesma nota é referido que “as várias diligências encetadas culminaram na identificação dos suspeitos, presumíveis autores de múltiplas acções criminosas, com impacto em centenas de vítimas”.
 
A PJ salienta que “a estratégia investigatória visou a localização e agrupamento das várias participações que se encontravam dispersas por várias comarcas do país, por forma a demonstrar a actividade delituosa reiterada e organizada, conjugando e analisando toda a informação de forma a identificar/localizar os agora detidos”.
 
Na sequência das detenções e buscas domiciliárias procedeu-se à apreensão de objectos relacionados com a prática criminosa e/ou adquiridos de forma ilícita.
 
Os detidos irão ser presentes a primeiro interrogatório judicial, para aplicação das medidas de coação consideradas adequadas.

 

Modificado em domingo, 09 maio 2021 11:49

Deixe um comentário