segunda, 28 novembro 2022
quinta, 22 setembro 2016 23:23

Natural de Cano, em Sousel, mata ex-companheira em França

Escrito por
Homicida ainda tentou o suicídio mas sem sucesso Homicida ainda tentou o suicídio mas sem sucesso DR
Na última segunda-feira à noite, dia 19 de Setembro, um homem, de 63 anos, perseguiu a ex-mulher em plena rua e matou-a com dois tiros de caçadeira disparados à queima-roupa.
 
O casal estava separado há alguns meses, mais concretamente desde Abril deste ano, e o homem não aceitava esta separação, imposta pela companheira.
 
O homicida esperou a mulher à porta de casa. A vítima ainda tentou fugir mas foi perseguida e morta em plena via pública.
 
Após matar a mulher, o homicida tentou o suicídio mas sem sucesso.
 
Encontra-se internado no Hospital de Marselha, para onde foi transportado de helicóptero, em estado considerado grave.
 
O caso ocorreu na cidade de Cavaillon, a cerca de 80 quilómetros de Marselha, em França.
 
A vítima, de 57 anos, é de Almada e o homicida é natural do Cano, concelho de Sousel.  
 
Ambos tinham filhos e netos de relacionamentos anteriores, mas nenhum em conjunto.
 
Modificado em sexta, 23 setembro 2016 00:42

Deixe um comentário

PUB