sábado, 04 julho 2020
sexta, 10 abril 2020 19:56

Covid-19: Registados 19 casos positivos em aglomerado habitacional de Moura

Escrito por
Todos os casos estão relacionados com o primeiro caso confirmado em Moura, tornado público na passada terça-feira Todos os casos estão relacionados com o primeiro caso confirmado em Moura, tornado público na passada terça-feira DR
O Serviço Municipal de Protecção Civil de Moura informou, há instantes, a existência de 19 resultados positivos para o Covid-19, no concelho de Moura.
 
Os casos agora registados dizem respeito a 17 jovens/crianças e dois adultos, pertencentes à comunidade de etnia cigana que reside no aglomerado habitacional do Espadanal, situado a cerca de dois quilómetros de Moura, junto à Estrada Nacional 258 (EN258), na ligação à Vidigueira.
 
Todos os casos estão relacionados com o primeiro caso confirmado em Moura, tornado público na passada terça-feira, de um homem habitante neste bairro, e que se encontra internado nos Cuidados Intensivos do Hospital José Joaquim Fernandes, em Beja.
 
A Protecção Civil de Moura refere ainda estar a aguardar o resultado dos restantes testes realizados nos últimos dias no concelho, sendo que alguns desses testes são de outros habitantes nesta zona da localidade do distrito de Beja.
 
Segundo o que o Ardina do Alentejo conseguiu apurar, já foram mobilizados para o local, militares do Destacamento de Intervenção do Comando Territorial de Beja da Guarda Nacional Republicana (GNR). Os militares têm como missão controlar a entrada e saída das pessoas que habitam no bairro para que desta forma possam ser evitados mais contágios.
 
Tendo em conta a confirmação dos casos positivos em Moura, num total de 21, o Serviço Municipal de Proteção Civil aconselhou toda a população a utilizar máscara sempre que se deslocar a espaços públicos.
 
"As máscaras podem ser utilizadas de forma generalizada pela população, devendo ser considerada enquanto medida complementar que não põe em causa as medidas de distanciamento e isolamento social implementadas até ao momento, nem as recomendações de saúde e etiqueta respiratória", avisou o serviço.
Modificado em sexta, 10 abril 2020 23:53

Deixe um comentário