terça, 07 abril 2020
quarta, 12 fevereiro 2020 11:04

Segurança Social prolonga protocolos de apoio às cantinas sociais do distrito de Évora

Escrito por
Esta medida representa um envelope financeiro de mais de 387 mil euros Esta medida representa um envelope financeiro de mais de 387 mil euros DR
No âmbito da convenção da Rede Solidária de Cantinas Sociais, foram assinadas, na passada segunda-feira, dia 10 de Fevereiro, no Centro Distrital de Segurança Social de Évora, 17 adendas aos protocolos de colaboração que o Centro mantinha com igual número de Instituições Particulares de Solidariedade Social.
 
Esta medida, que representa um envelope financeiro de mais de 387 mil euros, vai permitir a renovação dos acordos, até final de 2020, com as instituições que desenvolvem esta importante resposta social.
 
A delegação de Estremoz da Cruz Vermelha Portuguesa foi uma das instituições com quem foi assinada esta adenda. As outras instituições abrangidas por esta assinatura são a ADEREM - Associação de Desenvolvimento de Mourão, a UNITATE - Associação de Desenvolvimento da Economia Social, de Vila Viçosa, a ADA, a Cáritas Diocesana, a Casa do Povo de Vendas Novas, o Lar Cantinho Amigo, de Santiago Maior, e as Santas Casas da Misericórdia de Arraiolos, Reguengos de Monsaraz, Mora, Borba, Montemor-o-Novo, e Vila Viçosa.
 
Durante esta cerimónia, as entidades coordenadoras e mediadoras dos quatro territórios onde decorrem operações do Programa Operacional de Apoio às Pessoas Mais Carenciadas, foram contempladas com a entrega de 16 tablets, tendo em vista garantirem maior eficácia e celeridade no controle do procedimento de distribuição alimentar de renovação.
Modificado em quarta, 12 fevereiro 2020 12:34

Deixe um comentário