sábado, 26 setembro 2020
sexta, 10 janeiro 2020 01:41

Oficial da GNR apanhado na cama com recruta

Escrito por
Oficial foi afastado, enquanto a recruta continua no curso até que o processo seja concluído Oficial foi afastado, enquanto a recruta continua no curso até que o processo seja concluído DR
Um oficial da Guarda Nacional Republicana (GNR) foi apanhado na cama com uma formanda do 41.º Curso de Formação de Guardas, que está a decorrer no Centro de Formação de Portalegre (CFP).
 
Segundo o Jornal de Notícias (JN), que avançou a notícia, o caso está a ser objecto de investigação interna, para averiguar se houve algum tipo de assédio e infracção disciplinar.
 
Ainda segundo a publicação diária, o caso está a ser considerado grave pelas associações de guardas, que o consideram mais um dos episódios lamentáveis ocorridos naquela escola, marcada pelo conhecido processo "Red Man".
 
O alferes Gonçalo Sousa e a jovem pretendente a militar da Guarda estariam alcoolizados quando foram surpreendidos numa das camas da camarata feminina.
 
O Comando-Geral da GNR confirmou o caso ao JN e acrescenta que o oficial foi afastado, enquanto a recruta continua no curso até que o processo seja concluído.
 
Ao que o Ardina do Alentejo conseguiu apurar, o alferes agora afastado era o actual Comandante do Destacamento de Estremoz da GNR, em regime de substituição, devido ao facto do Capitão Tiago Fernandes estar a gozar licença de paternidade.
 
c/ JN e Rádio Portalegre
Modificado em sexta, 10 janeiro 2020 16:24

Deixe um comentário