terça, 15 outubro 2019
quinta, 03 outubro 2019 17:09

Universidade Sénior de Monforte já abriu portas ao ano lectivo 2019/2020

Escrito por
Este ano, estão inscritos na USM 55 alunos que irão frequentar 13 disciplinas leccionadas por 20 professores Este ano, estão inscritos na USM 55 alunos que irão frequentar 13 disciplinas leccionadas por 20 professores DR
No passado dia 1 de Outubro, a Universidade Sénior de Monforte (USM) iniciou as suas actividades relacionadas com o ano lectivo 2019/2020.
 
A sessão de abertura, que decorreu  no CEFUS - Centro de Educação, Formação e Universidade Sénior, contou com a presença da Coordenadora da USM, Sónia Franco, do Presidente do Município de Monforte, Gonçalo Lagem, do Vice-Presidente da autarquia, Fernando Saião, dos vereadores Mariana Mota e Emídio Mata, e do conhecido apresentador monfortense José Carlos Malato, convidado especial que, uma vez mais, se deslocou à sua terra natal, desta vez para desejar um bom trabalho aos professores, alunos e restantes colaboradores desse serviço criado e gerido pela Câmara Municipal. Marcou igualmente presença neste dia um do ano lectivo 2019/2020 da USM, um grupo constituído por professores e alunos da Academia Sénior de Arronches, para além de representantes de vários organismos e de público em geral.
 
Gonçalo Lagem reiterou os elogios que, desde a fundação da USM, tem vindo a tecer a todos os intervenientes, realçando a dedicação dos alunos e o papel desempenhado voluntariamente pelos colaboradores e recordou que a notoriedade alcançada pela Universidade Sénior de Monforte muito tem honrado o nome do concelho em todo o país e também além-fronteiras.
 
Para além da participação de alunos e professores, enalteceu igualmente a intervenção que têm tido os restantes serviços municipais competentes e de outros organismos externos com os quais se mantêm regularmente formas de colaboração que valorizam fortemente a função social assumida por esta valência disponibilizada pelo Município.
 
Entretanto, um dos momentos mais emotivos da cerimónia deu-se quando José Carlos Malato falou, pela primeira vez, em público, da morte do seu pai, falecido há cerca de um ano e meio, esclarecendo que estava a aguardar uma ocasião que considerasse particularmente especial e, portanto, foi sentindo-se em casa, rodeado de gente que lhe é muito familiar, que finalmente decidiu relembrar o nome do seu pai, António Malato, o “Totai”, como carinhosamente era apelidado em Monforte.
 
Este ano, estão inscritos 55 alunos que irão frequentar 13 disciplinas leccionadas por 20 professores, designadamente:
Artes criativas - Desenvolver atividades do conhecimento prático e lúdico (Ex: costura, atelier diversos, etc);
Atelier de azulejo - Iniciação aos métodos e práticas de pintura em azulejo;
Cantares e Tradições - Recuperar, valorizar e promover músicas e cantares de antigamente e outras tradições de raiz popular;
Cozinha caseira - Desenvolver a aprendizagem da culinária da região e outras atividades relacionadas;
Ginástica Sénior/Dança - Desenvolvimento da aptidão física a vários níveis, como força, resistência cardiovascular e muscular, equilíbrio, flexibilidade e muito mais;
Hidroginástica - Os alunos da Universidade Sénior têm direito a uma sessão mensal de cada uma das atividades;
História - Exploração do conhecimento sobre a história do concelho;
Informática - Iniciação ou formação ao nível dos conhecimentos de cada aluno;
Inglês - Iniciação ao inglês;
Passado (re)visitado - Nesta disciplina  será desenvolvida uma abordagem a diferentes tipos de Património, todo um conjunto de  bens materiais e/ou imateriais que contam a vivência de um povo e sua relação com o meio ambiente;
Saúde - Aprendizagem ao nível das boas práticas para o bem-estar físico e psíquico;
Teatro - Aprender a interagir em grupo, representando e promovendo o espírito de equipa;
Turismo e Lazer - Conhecer e promover as potencialidades turísticas do concelho e conhecer novas formas de ocupação de tempos livres.
 
Para além do programa curricular de cada disciplina, serão desenvolvidas actividades paralelas procurando levar os alunos a viver outras experiências, contactar com diferentes realidades e conhecer outras regiões do país.
Modificado em quinta, 03 outubro 2019 17:53

Deixe um comentário