quarta, 20 novembro 2019
terça, 06 agosto 2019 17:13

Faleceu o Cónego António Salvador dos Santos

Escrito por
Salvador dos Santos faleceu no Hospital do Espírito Santo, em Évora Salvador dos Santos faleceu no Hospital do Espírito Santo, em Évora Pedro Conceição
Segundo foi comunicado pela Arquidiocese de Évora, faleceu na manhã desta terça-feira, dia 6 de Agosto, pelas 09:15 horas, aos 68 anos, o Cónego António Salvador dos Santos, director do semanário “A Defesa”, jornal regional de inspiração cristã.
 
Salvador dos Santos faleceu no Hospital do Espírito Santo, em Évora, na sequência do agravamento do seu estado de saúde, depois de ter sofrido um acidente vascular cerebral (AVC) em Dezembro passado.
 
Nascido a 7 de Setembro de 1950, António Salvador dos Santos foi ordenado Sacerdote a 25 de Junho de 1978 e era actualmente Cónego Capitular da Basílica Metropolitana de Évora, e pároco das Paróquias de Nossa Senhora da Boa Fé e de S. Sebastião da Giesteira, na Vigararia de Évora.
 
António Salvador dos Santos dirigia “A Defesa” desde Agosto de 2001. Era igualmente gerente da Rádio Sim Alentejo, Presidente da "Fraternidade Sacerdotal de Évora" e, até adoecer gravemente, administrador da Sociedade Instrutiva Regional Eborense - Gráfica Eborense. Foi ainda um dos fundadores, e presidente durante vários mandatos, da Associação da Imprensa Cristã (AIC) e da Alimprensa.
 
EXÉQUIAS FÚNEBRES JÁ TÊM PROGRAMA CONHECIDO
 
As exéquias fúnebres do Cónego António Salvador dos Santos já têm programa conhecido.
 
Por sua vontade expressa, os seus restos mortais ficarão em câmara ardente na “sua” Igreja Paroquial de Nossa Senhora da Boa-Fé.
 
No dia de amanhã, quarta-feira, 7 de Agosto, pelas 10 horas, na Igreja Paroquial de Nossa Senhora da Boa-Fé, será celebrada Missa de Corpo Presente, em sufrágio da sua alma, de homenagem e memória de eterna gratidão por tudo o que fez pelas Paróquias de Nossa Senhora da Boa-Fé e de São Sebastião da Giesteira. Presidirá o sacerdote que o acompanhou nas paróquias, nos últimos dois anos, Padre Aniceto Dâmaso Dangala.
 
Finda a missa os restos mortais serão transladados, em cortejo fúnebre, para a Igreja do Espírito Santo, em Évora. No entanto, no trajecto até Évora, será feita uma paragem junto da Igreja Paroquial de São Sebastião da Giesteira, onde permanecerá por alguns momentos de oração e homenagem.
 
Na Igreja do Espírito Santo, em Évora, pelas 14 horas, serão celebradas Exéquias Solenes, presididas pelo Arcebispo de Évora, D. Francisco José Senra Coelho.
 
O funeral seguirá para o Cemitério dos Remédios, em Évora, onde será sepultado.
Modificado em terça, 06 agosto 2019 18:43

Deixe um comentário