quarta, 26 junho 2019
terça, 11 junho 2019 23:14

Três militares da GNR e um civil feridos em colisão automóvel

Escrito por
De acordo com a ANPC, o incêndio chegou a mobilizar mais de 100 operacionais De acordo com a ANPC, o incêndio chegou a mobilizar mais de 100 operacionais TDS
Quando se deslocavam para o combate a um incêndio no Monte do Burraz, no concelho de Fronteira, três militares do Grupo de Intervenção de Protecção e Socorro (GIPS) da Guarda Nacional Republicana (GNR) ficaram feridos na sequência de uma colisão com uma viatura ligeira civil, ocorrida na tarde desta terça-feira, dia 11 de Junho, numa estrada de terra batida, naquela localidade do distrito de Portalegre.
 
De acordo com o Comando Distrital de Operações e Socorro (CDOS) de Portalegre o acidente, que ocorreu já muito perto do local onde os militares da GNR se preparavam para combater as chamas, provocou ainda ferimentos num ocupante da viatura civil.
 
Segundo a mesma fonte do CDOS de Portalegre, os militares feridos pertencem ao GIPS de Ponte de Sôr. Todas as vítimas sofreram ferimentos ligeiros tendo sido transportadas para o Hospital Dr. José Maria Grande, em Portalegre.
 
Para o local foram mobilizados 15 operacionais, entre bombeiros das corporações de Sousel, Fronteira e Monforte, e militares da GNR, auxiliados por três ambulâncias e pela Viatura Médica de Emergência e Reanimação (VMER) de Portalegre.
 
De acordo com a Autoridade Nacional de Protecção Civil (ANPC), o incêndio, que consumiu uma zona agrícola, chegou a mobilizar 102 operacionais, auxiliados por 28 veículos e três meios aéreos, dois aviões e um helicóptero, tendo sido considerado dominado pelas 18:20 horas e extinto por volta das 19 horas.
Modificado em quarta, 12 junho 2019 00:01

Deixe um comentário