sexta, 19 outubro 2018

UNITATE, de Vila Viçosa, vence prémio BPI Seniores 2018

Escrito por  Publicado em Região segunda, 01 outubro 2018 18:54
Somando o valor do primeiro prémio às cinco menções honrosas atribuídas às IPSS do Alentejo, o prémio BPI Seniores 2018 reservou para a região quase 180 mil euros Somando o valor do primeiro prémio às cinco menções honrosas atribuídas às IPSS do Alentejo, o prémio BPI Seniores 2018 reservou para a região quase 180 mil euros DR
A Unitate - Associação de Desenvolvimento da Economia Social, instituição particular de solidariedade social (IPSS) de âmbito nacional, sediada em Vila Viçosa, foi a grande vencedora da edição de 2018 do prémio BPI Seniores.
 
Fundada em Outubro de 2013, e inspirada nos princípios da Doutrina Social da Igreja, o principal objectivo da UNITATE passa pela promoção do desenvolvimento da economia social em Portugal mediante a prossecução de estratégias e acções com vista à capacitação das organizações da sociedade civil.
 
A candidatura apresentada pela UNITATE e denominada “Espaço solidário para apoiar a comunidade”, foi contemplada com um prémio no valor de 49.925 euros e pretende fomentar a promoção da saúde, autonomia e independência, numa comunidade em meio rural muito isolada e envelhecida de dois concelhos, Vila Viçosa e Alandroal, e pretende remodelar o espaço existente para criar oferta de serviços polivalente como apoio ao domicílio, apoio na medicação e higiene, acompanhamento personalizado, transportes e refeições.
 
A 6ª edição do Prémio BPI Seniores contou com um valor de 750 mil euros para apoiar projectos que promovam a melhoria da qualidade de vida e o envelhecimento activo e saudável de pessoas com mais de 65 anos. 
 
Criado em 2013, o Prémio BPI Seniores tem como objectivo dar resposta a um problema cada vez mais grave na sociedade: a falta de respostas sociais dirigidas aos mais velhos. Nas cinco edições anteriores, o BPI atribuiu mais de 3 milhões de euros em donativos, distribuídos por 134 projectos que contribuem diariamente para beneficiar mais de 40 mil cidadãos seniores em todo o território nacional. 
 
As candidaturas, que foram avaliadas pela sua qualidade técnica e sustentabilidade, foram apresentadas por diversas instituições privadas sem fins lucrativos, todas sediadas em Portugal, e que apresentaram projectos sólidos e inovadores.
 
Foram ainda atribuídas 32 menções honrosas, sendo que cinco delas pertencem a IPSS alentejanas.
 
Uma dessas Menções Honrosas, no valor de 48.071 euros, pertence à Santa Casa da Misericórdia de Borba, com a candidatura ”Fisioterapia no domicílio”, que pretende proporcionar fisioterapia a idosos que não podem sair de casa e que se encontram em situação de isolamento e capacitar uma unidade móvel com equipamentos como marquesa, ultrassom, pedaleiras e jogos cognitivos.
 
Outra Menção Honrosa, esta no valor de 26.249 euros, foi atribuída à Santa Casa da Misericórdia de Alcáçovas, com a candidatura “Terapia ocupacional com chocalhos”, que tem o objectivo de explorar os benefícios da terapia musical recorrendo aos tradicionais chocalhos, recentemente classificados pela UNESCO como património imaterial da humanidade, e participar na construção dos instrumentos, com os quais os idosos vão ensaiar reportórios individuais e colectivos.
 
A FITSalvador, IPSS de Beja, foi igualmente contemplada com uma Menção Honrosa, no valor de 9.524 euros. A candidatura “Exercício físico monitorizado” pretende fomentar o exercício físico da população sénior com monitorização directa de sinais vitais e efectuar o planeamento e controlo individualizado sobre intensidade da actividade física, com recurso a tecnologia sem fios, de medição do esforço, avaliação cardiorrespiratória e composição corporal.
 
Centro Social dos Montes Altos, localizado idosos em Mértola, foi outra das IPSS alentejanas contempladas com uma Menção Honrosa. Os 14.389 euros atribuídos à candidatura “Mais conforto em casa” servirão para adicionar conforto, mobilidade e segurança ao dia-a-dia de em situação de maior fragilidade e isolamento e para distribuir e gerir a atribuição e manutenção de produtos de apoio em função das necessidades específicas de cada beneficiário.
 
A Portalegre e ao Centro Cultural e Desportivo Desportalegre foi igualmente atribuída uma Menção Honrosa, no valor de 30.305 euros. Este montante permitirá colocar em prática a candidatura “Animar e socializar”, que visa promover a interacção entre idosos, através de eventos de animação em lares, centros de dia e espaços públicos e pretende igualmente a dinamização de jogos tradicionais, minigolfe, boccia, gincanas culturais, iniciação à informática, bailes e outros motivos de socialização.
 
Somando o valor do primeiro prémio às cinco menções honrosas atribuídas às IPSS do Alentejo, o prémio BPI Seniores 2018 reservou para a região quase 180 mil euros.

Deixe um comentário