quarta, 24 julho 2019
Na noite desta quarta-feira, 10 de Julho, um militar da Guarda Nacional Republicana (GNR), em serviço, ficou ferido após ter sido atropelado por um automóvel, em Cuba, no distrito de Beja, tendo o condutor do veículo sido detido, disse fonte daquela força de segurança.
 
A fonte da GNR indicou ainda à LUSA que o militar foi transportado para o Hospital de Beja, inicialmente com ferimentos ligeiros.
 
Segundo a mesma fonte, o militar integrava uma patrulha do Posto Territorial de Cuba, que cerca das 22 horas, "se deparou com um veículo ligeiro de passageiros a efectuar manobras perigosas na via, dentro da localidade".
 
Os militares deram ordem de paragem ao condutor do automóvel, tendo posteriormente saído da viatura da GNR. O condutor do veículo não obedeceu às indicações, tendo colocado a viatura em marcha atrás, atropelando um militar e atingindo o veículo da GNR, adiantou a fonte da Guarda.
 
Segundo a GNR, o condutor do automóvel foi detido por ter acusado uma taxa de álcool no sangue de 2,07 gramas/litro, por ter praticado manobras perigosas e atropelado o militar.
 
O condutor, de 20 anos, foi presente hoje, quinta-feira, dia 11 de Julho, no Tribunal de Cuba, para primeiro interrogatório judicial e eventual aplicação de medidas de coação.
 
Fonte do Comando Distrital de Operações de Socorro (CDOS) de Beja indicou que o alerta para a ocorrência foi dado às 21:55 horas, tendo sido mobilizados para o local, operacionais e veículos dos Bombeiros Voluntários de Cuba, além da GNR.
 
Modificado em quinta, 11 julho 2019 12:35
O novo projecto pessoal de Luísa Amorim tem como principal missão explorar a diversidade dos terroirs da região do Alentejo.
 
É na Serra do Mendro, junto à Vidigueira, que (re)nasce o projeto da Herdade Aldeia de Cima, um sonho antigo de Luísa Amorim. Os primeiros passos foram dados na vindima de 2017, altura em que começaram a ser desenhados vinhos com perfil distinto, caracterizados pela suavidade e elegância, verdadeiros embaixadores das castas indígenas (ou perfeitamente adaptadas) da região. Os primeiros exemplares da Herdade Aldeia de Cima são dois vinhos icónicos, Alyantiju Tinto 2017 e Alyantiju Branco 2017, e dois reservas, Reserva Tinto 2017 e Reserva Branco 2017, que saem para o mercado no final de Agosto e cuja informação está já disponível online em www.aldeiadecima.com.

 
Sempre acreditei muito no Alentejo, uma região vinícola de enorme tipicidade e a única que reúne quase todos os tipos de solos existentes em Portugal” afirma Luísa Amorim. Um desses exemplos de diversidade é a Serra do Mendro, que separa o Alto Alentejo do Baixo Alentejo e atinge o seu ponto mais alto na Herdade Aldeia de Cima, a 404 metros de altitude. Pertencente à unidade geomorfológica mais antiga da Península Ibérica e detentora de uma paisagem extraordinária, foi aqui que Luísa Amorim identificou um enorme potencial para plantar uma vinha em altitude, em patamares tradicionais de um bardo, em terras de xisto no Maciço Antigo Ibérico.
Assim nasce a primeira vinha e a mais entusiasmante de todo o projecto. A Vinha dos Alfaiates compreende 14 hectares e afirma-se como a única vinha em patamares tradicionais plantada no Alentejo. Por compreender diferentes encostas e declives de 30 a 40% de altitude, foi dividida em 18 microterroirs e cultivada de forma a não agredir o ambiente com um espaçamento de 80 centímetros, ficando mais abrigada dos ventos da Serra do Mendro.
 
Além desta, foram também plantadas de raiz a Vinha da Família, Vinha de Sant ́Anna e Vinha da Aldeya, totalizando cerca de 20 hectares, processo que ficará concluído em 2020. A plantação é destinada a castas tintas e a brancas, iniciando a viticultura em produção integrada, que mais tarde será convertida em produção biológica. Para os vinhos tintos a aposta é dirigida às castas Alicante Bouschet, Trincadeira, Aragonês e o tradicional Alfrocheiro. Nos brancos, a escolha recai na Antão Vaz, típico da Vidigueira, o Arinto, o Roupeiro, Perrum e, ainda, as experimentais Alvarinho e Baga.
 
A par da diversidade na vinha, foi projectada uma nova adega com capacidade para 100 mil garrafas, onde se privilegia a tradição e a antiguidade através de diferentes formatos e materiais - Tinajas de Terracota, Ânforas Turtles, moldadas em pó cerâmico com estrutura de fibras naturais, cubas de cimento Nico Velo e balseiros de carvalho francês que, aliados às barricas de 500 litros, pretendem evidenciar e reafirmar a personalidade de cada vinho através da preservação de texturas e da frescura original da fruta.
Modificado em quarta, 10 julho 2019 02:43
O Comando Distrital de Operações de Socorro (CDOS) de Évora, em conjunto com os CDOS de Portalegre e CDOS de Castelo Branco, integra um projeto no âmbito do Programa INTERREG, em parceria com a Junta da Extremadura (Espanha).
 
Este projecto, que prevê a instalação de uma rede de alertas precoces entre regiões, foi nomeado aos Prémios REGIOSTARS 2019 da União Europeia.
 
A selecção deste prémio é efectuada através de votação popular, por telemóvel ou computador, votação essa que está a decorrer até ao próximo dia 9 de Julho.
 
Para votar basta aceder ao link https://ec.europa.eu/regional_policy/en/regio-stars-awards/2019/public_choice, selecionar Category 1 - Promoting digital transformation, no projecto 0017_RAT_VA_PC_ 4_E e clicar sobre o símbolo LIKE que aparece no canto superior direito.
 
Apoie este projecto, porque o seu voto pode contribuir para a instalação de uma rede de alertas precoces na região sob protecção destes três CDOS!
 
Modificado em quarta, 03 julho 2019 02:30
O Comando Territorial de Évora da Guarda Nacional Republicana (GNR), através do Núcleo de Investigação e de Apoio a Vítimas Específicas (NIAVE), deteve na passada quarta-feira, 19 de Junho, um indivíduo de 75 anos pelo crime de violência doméstica, no concelho do Alandroal.
 
Segundo o comunicado da GNR, “no âmbito de uma investigação por violência doméstica, os militares deram cumprimento a um mandado de detenção e a um mandado de busca domiciliária, culminando na detenção do suspeito e na apreensão de uma arma de fogo e de um objecto artesanal denominado "Moca", utilizado na prática do referido ilícito criminal contra a vítima, a sua ex-companheira de 60 anos” .
 
O detido foi presente ao Tribunal Judicial de Évora, tendo-lhe sido aplicadas as medidas de coação de proibição de contactar a ofendida por qualquer forma, directamente ou por interposta pessoa; proibição de se aproximar da ofendida, da sua residência ou do seu local de trabalho, numa distância de 300 metros, sendo para o efeito controlado através de pulseira electrónica; obrigação de apresentações semanais no Posto Policial da área de residência, e ainda, a proibição de adquirir, possuir ou usar quaisquer armas de fogo ou outras, reais ou aparentes.
Modificado em sexta, 21 junho 2019 13:41
Na noite de ontem, 18 de Junho, terça-feira, o despiste de um camião, ocorrido na Estrada Nacional 4 (EN4), junto a Vila Boim, provocou um ferido ligeiro.
 
De acordo com as informações recolhidas junto do Comando Distrital de Operações de Socorro (CDOS) de Portalegre, a vítima, um homem com 43 anos, foi transportada para o Hospital de Santa Luzia, em Elvas.
 
O alerta para este acidente foi dado pelas 21:57 horas. O pesado de mercadorias, que transportava areia para gatos, entrou em despiste, acabando mesmo por tombar e perder parte da carga.
 
Ainda segundo o CDOS, para o local foram mobilizados 23 operacionais dos Bombeiros Voluntários de Elvas e da Guarda Nacional Republicana (GNR).
 
O trânsito esteve condicionado durante algum tempo, no sentido Vila Boim – Elvas.
Modificado em quarta, 19 junho 2019 01:13
Pelos crimes de lenocínio, auxílio à imigração ilegal, detenção de arma proibida, fraude fiscal e branqueamento, a Guarda Nacional Republicana (GNR) deteve um homem de 59 anos, em Ourique.
 
Em comunicado, as autoridades informam que, "no decorrer das diligências de investigação", foram cumpridos 12 mandados de busca e apreendidos sete automóveis, um sistema de videovigilância, uma espingarda pressão de ar, uma arma branca, notas de vários países, 2911 preservativos e 130 embalagens de gel lubrificante, bem como telemóveis, computadores e quase onze mil euros em dinheiro.
 
A nota da GNR refere ainda que “foram apreendidos milhares de cartões de consumo e de publicidade alusiva ao local onde se praticavam os crimes, bem como talões de depósitos em contas bancárias, livros de facturação e de guias de transporte, bem como talões de fecho de caixa".
 
O detido, que tinha antecedentes criminais pelo mesmo tipo de crime, foi presente ao Tribunal de Ourique, no passado sábado, dia 15 de Junho, e ficou em prisão preventiva. Segundo foi adiantado pela GNR a uma estação televisiva nacional, os crimes tinham lugar numa casa particular onde funcionava um bar de alterne.
 
O comunicado da GNR informa que “foram ainda identificadas 15 mulheres de várias nacionalidades, com idades compreendidas entre os 23 e os 50 anos. Três delas, por se encontrarem em situação ilegal em território nacional, foram notificadas para abandonar o país no prazo de 20 dias e, outras duas, por se encontrarem em situação irregular, foram notificadas para comparecer no Serviço de Estrangeiros e Fronteiras". 
Modificado em terça, 18 junho 2019 12:22
Duas pessoas morreram na manhã desta terça-feira, dia 18 de Junho, na casa onde viviam, por inalação de gás butano, em Urra, no concelho de Portalegre.
 
As vítimas mortais são dois homens, um de 35 anos e outro de 48.
 
Fonte do Comando Distrital de Operações de Socorro (CDOS) de Portalegre disse ao Ardina do Alentejo que o alerta para esta ocorrência foi dado pelas 07:16 horas.
 
Os corpos das duas vítimas já foram transportados para a morgue do Hospital Dr. José Maria Grande, em Portalegre, estando a Polícia Judiciária (PJ) a caminho do local para apurar as circunstâncias das duas mortes.
 
Ainda de acordo com o CDOS de Portalegre, do incidente resultaram mais dois feridos ligeiros, dois homens de 21 e 37 anos, que foram transportados para o Hospital de Portalegre.
 
Os quatro homens são da Benedita, concelho de Alcobaça, e estavam a trabalhar na construção civil no concelho do Crato, tendo alugado uma casa na aldeia de Urra.
 
Foram mobilizados para o local da ocorrência, entre Bombeiros Voluntários de Portalegre, Guarda Nacional Republicana (GNR) e Instituto Nacional de Emergência Médica (INEM), 10 operacionais, auxiliados por cinco viaturas.
Modificado em terça, 18 junho 2019 10:12
No dia de ontem, quarta-feira, 12 de Junho, a Guarda Nacional Republicana (GNR), através do Núcleo de Investigação Criminal de Estremoz daquela força de segurança, deteve em Arraiolos, um indivíduo do sexo masculino, com 19 anos de idade, por tráfico de estupefacientes junto da Escola Básica 2,3 de Cunha Rivara.
 
Segundo fonte da GNR contactada pelo Ardina do Alentejo, o individuo tinha ainda na sua posse 50 doses de haxixe e 365€.
 
Ainda segundo a mesma fonte foi realizada uma busca numa propriedade agrícola, onde foram apreendidos mais 14 pés de cannabis sativa, vulgarmente conhecida como liamba, um telemóvel e uma navalha.
 
Constituido arguido e sujeito a termo de identidade e residência, o individuo está notificado para se apresentar hoje, quinta-feira, pelas 10 horas, para interrogatório judicial. 
Modificado em terça, 18 junho 2019 00:15
Segundo foi avançado por fonte dos Bombeiros Voluntários de Odemira, o corpo de uma mulher, em avançado estado de decomposição, foi encontrado esta quarta-feira, dia 12 de Junho, numa rocha na Praia de Nossa Senhora, no concelho de Odemira.
 
Luís Oliveira, comandante da corporação do distrito de Beja, indicou que o corpo foi encontrado "num buraco, dentro de uma rocha", não sendo possível avaliar a idade aproximada da mulher. 
 
Adiantando que "não há qualquer pessoa dada como desaparecida na zona", Luís Oliveira referiu que o alerta foi dado por um popular.
 
De acordo com o Comandante dos Bombeiros Voluntários de Odemira, o corpo da mulher foi encaminhado para o serviço de Medicina Legal do Hospital Distrital de Beja.
 
Segundo fonte do Comando Distrital de Operações de Socorro (CDOS) de Beja, o alerta para a ocorrência, registada na Praia de Nossa Senhora, na freguesia de São Teotónio, foi dado às 19:05.
 
O CDOS bejense acrescentou que foram mobilizados para o local meios da Capitania do Porto de Sines e dos Bombeiros Voluntários de Odemira, além da Guarda Nacional Republicana (GNR).
 
c/ LUSA
Modificado em quarta, 12 junho 2019 23:13