sábado, 18 janeiro 2020
Em reunião do executivo da Câmara Municipal de Alandroal, realizada no passado dia 8 de Janeiro, no edifício sede do Município, foi aprovada, com os votos favoráveis do Presidente da autarquia alandroalense, João Maria Grilo, eleito nas listas do Partido Socialista (PS), do vice-presidente João Carlos Balsante (PS), e do vereador Paulo Gonçalves, eleito nas listas da Coligação Democrática Unitária (CDU), a Candidatura a Pedido de Financiamento do Empréstimo Quadro (EQ) do Banco Europeu de Investimento (BEI) para fazer face às contrapartidas nacionais da obra de Consolidação, Restauro e Requalificação da Fortaleza de Juromenha, da obra de conclusão da Biblioteca/Centro Comunitário de Alandroal e da obra de Intervenção na Redução de Perdas na Rede de Abastecimento de Água do concelho, projecto candidatado em conjunto com as Câmaras Municipais de Estremoz, Viana do Alentejo e Reguengos de Monsaraz.
 
Apesar da sua aprovação, esta proposta de contratação do EQBEI mereceu os votos contra da vereadora da CDU, Mariana Chilra, e do vereador eleito nas listas do Movimento Independente DITA - Defesa da Integridade Territorial e Desenvolvimento de Alandroal, João Nabais.
 
De recordar que, quer João Nabais, entre os anos de 2002 e 2009, quer Mariana Chilra, no mandato de 2013 a 2017, já se sentaram na cadeira de Presidente da Câmara Municipal de Alandroal.
 

Segundo o edil alandroalense, “este empréstimo, para fazer face à contrapartida nacional de projectos candidatados a fundos comunitários, no valor de cerca de 1 milhão e 450 mil euros, permite que o Município invista imediatamente cerca de 6 milhões de euros em obra, visto que já temos cerca de 4 milhões e 500 mil euros de fundos comunitários assegurados”.
 
Em declarações ao Ardina do Alentejo, João Maria Grilo refere que “estamos a falar de obras tão importantes como a Reabilitação e Restauro das Muralhas da Fortaleza de Juromenha, da conclusão da Biblioteca/Centro Comunitário de Alandroal, obra parada há 12 anos e que precisa urgentemente de ser concluída, e da obra de Intervenção na Redução de Perdas na Rede de Abastecimento de Água do concelho, projecto candidatado em conjunto com as Câmaras Municipais de Estremoz, Viana do Alentejo e Reguengos de Monsaraz”.
 
O EQBEI, no fundo, não é um empréstimo, mas sim um reembolso, com taxas de juros zero, a 13 anos, o que se traduz em cerca de 109 mil euros ano de esforço do Município, o que dá pouco mais de 9 mil euros por mês” adiantou o autarca.
 
João Maria Grilo salienta que “este empréstimo é essencial porque para executarmos todas estas obras, num curto espaço de tempo, de final do Quadro Comunitário, elas têm de avançar agora”.
 
O presidente da autarquia de Alandroal garantiu ao Ardina do Alentejo que “esta operação tem autorização do FAM – Fundo de Apoio Municipal, que supervisiona as contas da câmara, e que assume e reconhece que a mesma é importante para o desenvolvimento do concelho”.
 
Sobre os votos contra dos vereadores da CDU e do DITA, João Maria Grilo olha “com preocupação” para esses mesmos votos contra, acreditando que “no momento em que estavam a votar” ambos os vereadores “esqueceram-se que já tinham sido Presidentes de Câmara, visto que eles próprios prometeram às pessoas que resolveriam estes mesmos problemas”. “Espero que tenha sido um momento menos reflectido e que possam ainda vir a retratar-se deste voto”.
 
Mas para que a contratação deste empréstimo seja uma realidade, falta ainda a aprovação da Assembleia Municipal de Alandroal.
 
Hoje, dia 17 de Janeiro, a partir das 21 horas, está agendada, para o edifício sede do Município, uma reunião extraordinária do órgão deliberativo do concelho.
 

 

Apesar de o PS não ter maioria na Assembleia Municipal, e apesar dos votos contra dos vereadores da CDU e do DITA, João Maria Grilo está confiante que esses votos contra dos vereadores da oposição “foi um momento menos reflectido e que eles tiveram oportunidade, desde a reunião de câmara até hoje, de reflectir, de pensar, e de transmitir aos membros da Assembleia Municipal, que são responsáveis por eles próprios, responsáveis pelas suas próprias decisões, mas transmitir-lhes que não há justificação nenhuma que se possa dar que não ponha em causa a lealdade para com a população ao inviabilizar este empréstimo”.

 

João Maria Grilo concluiu a sua entrevista ao Ardina do Alentejo salientando a ideia de que “cada um dos membros da Assembleia Municipal vai ter nas suas mãos o poder de, ou viabilizar seis milhões de euros de investimento e contribuir para o desenvolvimento do concelho, ou em contrapartida, inviabilizá-lo e contribuir para extremas dificuldades futuras no concelho, e dessa forma, não honrar o compromisso que fizeram com a população”.
 
 
 
Modificado em sexta, 17 janeiro 2020 03:43
A consagrada actriz brasileira Fernanda Montenegro está em Portugal e no dia de hoje, quarta-feira, 15 de Janeiro, foi almoçar à cidade de Évora.
 
A actriz almoçou num dos restaurantes mais conhecidos e badalados da cidade alentejana, o restaurante “Fialho” e o momento ficou registado para a posteridade, com a actriz a posar, em plena cozinha, ao lado dos funcionários do referido espaço de restauração.
 
A foto da visita da actriz brasileira ao “Fialho” foi publicada na página do restaurante eborense na rede social Facebook, com a seguinte mensagem: “Hoje, a GRANDE Senhora, Fernanda Montenegro, almoçou na nossa casa e fez questão de visitar a cozinha. Foi com o maior carinho e orgulho que a acolhemos. Bem haja, Diva!
Modificado em quarta, 15 janeiro 2020 18:36
Os deputados Luís Testa e Ricardo Pinheiro, eleitos por Círculo Eleitoral de Portalegre, Luís Capoulas Santos e Norberto Patinho, eleitos por Círculo Eleitoral de Évora, Pedro do Carmo e Telma Guerreiro, eleitos pelo Círculo Eleitoral de Beja, e Clarisse Campos e Sofia Araújo, eleitas pelo Círculo Eleitoral de Setúbal, mas com fortes ligações ao Litoral Alentejano, estabeleceram um mecanismo de cooperação regular no seio do Grupo Parlamentar do Partido Socialista (PS) na Assembleia da República.
 
Esta iniciativa dos deputados alentejanos visa reforçar o peso politico do Alentejo no seio da Assembleia da República e criar condições para tornar mais eficaz a intervenção parlamentar em prol dos círculos eleitorais que representam.
Modificado em domingo, 12 janeiro 2020 04:14
Um oficial da Guarda Nacional Republicana (GNR) foi apanhado na cama com uma formanda do 41.º Curso de Formação de Guardas, que está a decorrer no Centro de Formação de Portalegre (CFP).
 
Segundo o Jornal de Notícias (JN), que avançou a notícia, o caso está a ser objecto de investigação interna, para averiguar se houve algum tipo de assédio e infracção disciplinar.
 
Ainda segundo a publicação diária, o caso está a ser considerado grave pelas associações de guardas, que o consideram mais um dos episódios lamentáveis ocorridos naquela escola, marcada pelo conhecido processo "Red Man".
 
O alferes Gonçalo Sousa e a jovem pretendente a militar da Guarda estariam alcoolizados quando foram surpreendidos numa das camas da camarata feminina.
 
O Comando-Geral da GNR confirmou o caso ao JN e acrescenta que o oficial foi afastado, enquanto a recruta continua no curso até que o processo seja concluído.
 
Ao que o Ardina do Alentejo conseguiu apurar, o alferes agora afastado era o actual Comandante do Destacamento de Estremoz da GNR, em regime de substituição, devido ao facto do Capitão Tiago Fernandes estar a gozar licença de paternidade.
 
c/ JN e Rádio Portalegre
Modificado em sexta, 10 janeiro 2020 16:24
Durante a última época festiva esteve instalada em Santo Amaro, freguesia do concelho de Sousel, uma árvore de natal gigante, reciclável, construída com mais de cinco mil garrafas de plástico.
 
Esta iniciativa levada a cabo pela Junta de Freguesia de Santo Amaro, e que terminou no dia de ontem, terça-feira, 7 de janeiro, resultou numa clara acção de sensibilização para a utilização massiva do plástico e para as causas e consequências dessa mesma utilização para o meio ambiente.
 
A operação de desmontagem da árvore de natal ecológica contou com o apoio das crianças da escola de Santo Amaro, das professoras, dos funcionários da junta de freguesia e também da empresa Valnor, empresa de valorização e transformação de resíduos sólidos do norte alentejano.
 
Segundo Manuela Albardeiro, professora do 1º ciclo, “a escola de Santo Amaro, em conjunto com o Agrupamento de Escolas de Sousel”, estão inseridos num projecto denominado “Agir para Transformar”, tendo o convite da junta de freguesia para participarem nesta iniciativa da árvore de natal sido acolhido de braços abertos pela comunidade escolar.
 
Nélio Painha, Presidente da Junta de Freguesia de Santo Amaro, referiu que “conseguimos cumprir a nossa iniciativa que visa promover a reciclagem junto das crianças e que as crianças ensinem aos mais velhos esta prática que era importante que se generalizasse por todo o mundo, para além de mostrar que se conseguem fazer coisas surpreendentes com o lixo”!
 
O autarca deixou ainda uma palavra de agradecimento às “centenas de pessoas que contribuíram com as suas garrafas, desde o Cano a Campo Maior, passando por Sousel, Veiros, Estremoz, Fronteira, Avis, entre outras, às empresas e estabelecimentos comerciais, às associações de Santo Amaro, ao Regimento de Cavalaria 3 de Estremoz, aos funcionários da junta pelo trabalho incrível que conseguiram e aos irmãos Moreira, António e José Fernando, pelo grande apoio na construção da estrutura”!
 
Para além do “Agir para Transformar”, a escola de Santo Amaro está inserida num outro projecto da Valnor, intitulado “Ecovalor”, uma iniciativa que visa promover boas práticas ambientais, reconhecendo a importância do objectivo de educação ambiental para a comunidade em geral, e que abrange 25 municípios, muitas escolas e diversas Instituições Particulares de Solidariedade Social. No final do ano lectivo será feito o balanço do material entregue pela escola santoamarense, sendo atribuído ao estabelecimento de ensino um valor para aquisição de materiais que a escola ou as crianças necessitem.
 
E sem dúvida alguma que a maior árvore de natal reciclável do Alentejo, deu um grande contributo à escola neste aspecto.
 
Modificado em quarta, 08 janeiro 2020 15:23
Será na próxima sexta-feira, dia 10 de Janeiro, que a Biblioteca Municipal de Monforte irá assinalar 25 anos de existência.
 
De forma a assinalar condignamente a efeméride, o Município de Monforte preparou um dia repleto de actividades.
 
Sendo assim, e destinado às crianças que frequentam a creche, o ensino pré-escolar e o primeiro ciclo, haverá entre as 10 e as 16 horas, “Contos com Serafim”.
 
Pelas 11 horas, e com repetição às 15 horas, será distribuído bolo de aniversário.
 
Quando os relógios assinalarem as 21 horas, terá lugar a “Noite de Humor” com o sobejamente conhecido humorista, escritor e contador de histórias alentejano Jorge Serafim.
Modificado em quarta, 08 janeiro 2020 01:22
No concelho de Redondo, e através do Núcleo de Investigação e de Apoio a Vítimas Específicas (NIAVE), o Comando Territorial de Évora da Guarda Nacional Republicana (GNR), deteve no passado dia 24 de Dezembro, um homem de 29 anos, pelo crime de violência doméstica.
 
Segundo foi adiantado, em comunicado, pela força de segurança, esta detenção surge “na sequência de um processo de violência doméstica, onde o suspeito agredia, física e psicologicamente, a sua ex-companheira, uma mulher de 34 anos”, tendo sido cumprido “um mandado de detenção por incumprimento das medidas de coação que tinham sido decretadas anteriormente”.
 
Ao que o Ardina do Alentejo conseguiu apurar, o homem já tinha sido detido e presente a tribunal mas incumpriu as medidas de coação que lhe tinham sido decretadas, nomeadamente, a proibição de contactos com a vítima.
 
Ainda segundo a GNR, o detido foi presente ontem, dia 26 de Dezembro, no Tribunal de Judicial de Redondo, onde lhe foi aplicada a medida de coação de prisão preventiva.
 
Modificado em sexta, 27 dezembro 2019 13:03
Apesar de já ter causado alguns estragos no Alentejo, a depressão Elsa ainda não chegou, em força, ao território alentejano.
 
Em declarações à comunicação social, o Comandante Pedro Nunes, porta-voz da Autoridade Nacional de Protecção Civil (ANPC), referiu que “o estado do tempo vai agravar-se ao longo do dia de norte para sul. A precipitação e os ventos fortes vão atingir a zona centro ao final da tarde, o Alentejo ao início da noite e o Algarve, de madrugada, sem perder a força”.
 
O porta-voz da ANPC alertou ainda que a "situação meteorológica complexa vai continuar nas próximas horas, provavelmente nos próximos dias", prevendo que as condições meteorológicas "melhorem significativamente a partir da tarde de sábado e manhã de domingo".
 
Segundo a Protecção Civil, no Alentejo já foram registadas diversas ocorrências, nomeadamente a queda de árvores, nos concelhos de Almodôvar, Arraiolos, Montemor-o-Novo, Borba, Estremoz, Nisa, Vila Viçosa, Odemira, Portalegre, Monforte, Mértola, Évora e Elvas.
 
Ainda segundo a mesma fonte, no concelho de Nisa já se registaram inundações e deslizamentos de terras.
 
A queda de um poste de electricidade e de uma árvore de grande porte, na freguesia de Rio de Moinhos, no concelho de Borba, provocou o corte temporário de uma estrada, para trabalhos de remoção dos destroços e limpeza da via, numa ocorrência que mobilizou 13 operacionais, apoiados por cinco viaturas. 
Modificado em quinta, 19 dezembro 2019 18:30
O candidato à liderança do Partido Social Democrata (PSD), Luís Montenegro, marcará presença em Évora, no próximo sábado, dia 21 de Dezembro, a partir das 13 horas, num almoço convívio com militantes e simpatizantes do partido fundado por Sá Carneiro.
 
Sob o lema “A força que vem de dentro”, este almoço, que terá lugar no Hotel M’ar de AR Muralhas, está inserido na estratégia de Luís Montenegro, de divulgação das suas propostas para o partido, junto dos militantes e simpatizantes, de norte a sul do país.
 
Caso esteja interessado em participar neste almoço, que tem um custo de 16 euros por pessoa, deve fazer a sua inscrição através do e-mail Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar. ou contactando telefonicamente o ex-deputado social democrata à Assembleia da República, António Costa da Silva, através do telefone 966668994.
Modificado em quinta, 19 dezembro 2019 12:33