quarta, 30 novembro 2022

Notícias (3206)

20 anos depois de ter visto o seu nome incluído na obra colectiva “POIESIS - Volume VII”, editado em Maio de 2002, o escritor borbense Jorge Barroso volta a apresentar mais uma obra literária.
 
A Caixinha dos Milagres” é um conto infantil, alusivo ao Natal, com chancela da Tecto de Nuvens, e que terá honras de lançamento no Howard's Folly Restaurant, em Estremoz, no próximo sábado, dia 19 de Novembro, pelas 17 horas.
 
"Neste Natal junta-te ao pequeno Lucas e vive uma aventura única. Poderá uma pequena e misteriosa caixinha ser a solução para todos os problemas? Uma história cheia de emoção, alegórica à época natalícia, a transmitir valores a miúdos e graúdos, como a verdadeira amizade, a empatia e respeito pelas pessoas e animais".
 
Jorge Barroso é um escritor e pintor, nascido no concelho vizinho de Borba, no ano de 1965. O autor de “A Caixinha dos Milagres” tem editadas várias obras nos géneros Romance, Histórico, Ficção, Infantil, Infanto/Juvenil e Poesia.
 
Actualmente é docente de Literatura na Universidade Sénior da Santa Casa da Misericórdia de Borba, formador de uma Oficina de Escrita Criativa, no Agrupamento de Escolas de Borba e curador da pequena Biblioteca Livre de São Tiago de Rio de Moinhos. Jorge Barroso é igualmente pintor, com obras expostas em Portugal, Espanha e Inglaterra.
Modificado em domingo, 13 novembro 2022 22:23

Durante a tarde deste domingo, dia 13 de Novembro, um indivíduo do sexo masculino caiu para uma pedreira localizada na Avenida de Santo António, à entrada da cidade de Estremoz.
 
Segundo informação recolhida junto da Protecção Civil, o alerta para esta ocorrência foi dado às 15:48 horas, tendo sido deslocados para o local 32 operacionais, entre elementos dos Bombeiros Voluntários de Estremoz, dos Bombeiros Voluntários de Vila Viçosa, do Instituto Nacional de Emergência Médica (INEM), da Guarda Nacional Republicana (GNR) e da Polícia de Segurança Pública (PSP), auxiliados por 11 veículos e pelo helicóptero do INEM.
 
Fonte do Comando Distrital de Operações de Socorro (CDOS) de Évora confirmou ao Ardina do Alentejo que apesar da queda o homem "nunca esteve fora de contacto visual”.
 
Cerca das 17:15 horas, o homem, com cerca de 50 anos, foi retirado da pedreira, tendo sido transportado para a ambulância de Suporte Imediato de Vida (SIV).
 
Depois de observado pela equipa médica da SIV de Estremoz.
 
Até ao momento não existem quaisquer informações sobre o que terá motivado esta queda.
Modificado em domingo, 13 novembro 2022 18:20
A exposição "Histórias do Campo e outros lugares", da autoria de Alexandre Homem e de Clara Leitão, vai estar patente ao público no Museu Municipal Professor Joaquim Vermelho, em Estremoz, a partir das 16 horas do próximo dia 26 de Novembro.
 
Alexandre Homem completou a licenciatura e mestrado em Escultura, na Faculdade de Belas-Artes de Lisboa. Trabalha com diversos materiais e técnicas como a escultura em cerâmica e madeira e o desenho. Recentemente começou a trabalhar com rede de arame, um material intrínseco ao Alentejo, onde se encontra o seu atelier.
 
Clara Leitão estudou na Escola Artística António Arroio e licenciou-se em Design Têxtil pela School of Textiles & Design, na Escócia. Estudou também no National Institute of Design, na Índia.
 
Através do desenho e da pintura explora o seu lado emocional e subconsciente. As ideias surgem a partir de histórias, sonhos, memórias e observações da natureza. Os seus trabalhos são habitados por personagens ambíguas, uma característica também frequente nas fábulas.
 
Além da pintura sobre papel, explora os tecidos através serigrafia, da estampagem, dos recortes e do bordado.
 
Ao longo de mais de um ano viveram em Estremoz e descrevem que: "No campo, a sós, encontrámos novas formas de existir..." e esta exposição é o resultado dessas vivências: "Ao longo deste ano a dois viajámos por caminhos recônditos, alguns belos, outros intransponíveis, outros ainda por descobrir, e desses caminhos trouxemos algumas memórias sob a forma de esculturas, desenhos e pinturas..."
 
Esta mostra vai estar patente até ao dia 29 de Janeiro de 2023.
Modificado em domingo, 13 novembro 2022 00:14

Na manhã desta quinta-feira, dia 10 de Novembro, um veículo ligeiro de passageiros ardeu por completo, ao quilómetro 87 da Autoestrada 6, na freguesia de São Bento do Mato, a poucos quilómetros de Évora Monte.
 
Segundo informações recolhidas pelo Ardina do Alentejo junto do Comando Distrital de Operações de Socorro (CDOS) de Évora, o alerta para esta ocorrência foi dado pelas 09:44 horas.
 
Estiveram a combater este incêndio, que não provocou quaisquer danos pessoais, sete elementos dos Bombeiros Voluntários de Évora, auxiliados por duas viaturas. A Guarda Nacional Republicana (GNR) tomou conta da ocorrência.
 
Modificado em quinta, 10 novembro 2022 10:38
A sede da Sociedade Recreativa Popular Estremocense “Porta Nova” vai ser palco, no próximo dia 18 de Novembro, sexta-feira, de uma grandiosa noite de fados.
 
A partir das 21:30 horas serão escutadas as vozes da fadista Inês Vila-Lobos, e dos fadistas João Paulo Marques e Pedro Calado, que serão acompanhados à guitarra por Joel Coelho, e à viola por Hélder Azinheirinha.
 
As marcações de mesas, quer para sócios quer para não sócios da colectividade estremocense, devem ser efectuadas para os números de telefone 937381888 ou 936499257.
 
Durante a noite, e como ceia, será servido o tradicional caldo verde, a saborosa linguiça assada, o apetitoso queijo, tudo acompanhado pelo afamado pão alentejano e o divinal vinho da região. 
 
Esta grandiosa noite de fados na “Porta Nova” é uma organização conjunta da Sociedade Recreativa Popular Estremocense “Porta Nova” e da AJESAssociação Juvenil de Estremoz, e que conta com o apoio da Câmara Municipal de Estremoz e da União das Freguesias de Estremoz (Santa Maria e Santo André).
 
Modificado em quarta, 09 novembro 2022 13:05

Um surto de sarna infectou, pelo menos, 21 pessoas no lar da Santa Casa da Misericórdia de Grândola.
 
O surto foi detectado no início do ano depois de uma idosa ser transferida de um lar ilegal para o lar da Santa Casa da Misericórdia.
 
Na sua entrada, a utente já apresentava alguns sintomas mas foi apenas meses depois que lhe foi diagnosticada sarna humana.
 
Em declarações à SIC Notícias, o Provedor da Santa Casa da Misericórdia de Grândola, referiu que “algum tempo depois é que os médicos se aperceberam que tinham esse problema aqui”.
 
Questionado se nessa altura já haveria mais algum utente infectado, Horácio Pereira afirmou que “é natural que possa ter havido. É natural, e daí chamarmos mais a atenção dos médicos”.
 
Estão agora 10 utentes infectados, a receber um segundo tratamento já que o primeiro não resultou.
 
Estavam a ser tratadas e depois foi-me dada a informação de que o tratamento que estavam a fazer tinha que ser diferente e que tinha de ser um tratamento mais forte. É o que se está a fazer. As coisas estão controladas e não há nenhum problema com isso” salientou o Provedor.
 
A situação está controlada, diz Horácio Pereira, e a ser acompanhada pela equipa médica da instituição.
 
Temos dois médicos ao serviço da casa, temos sete enfermeiros e algumas adjuntas de enfermagem, quatro ou cinco, e portanto estamos à vontade nessa área. E isto é uma coisa que não me foi informada como uma situação de grande preocupação. É uma coisa que tem de ser tratada mas não como uma grande preocupação” adiantou ainda o Provedor da Santa Casa da Misericórdia de Grândola.
 
Aos utentes infectados somam-se 11 funcionários com sarna, que continuam a trabalhar.
 
Para ajudar a ultrapassar este surto, os funcionários da Santa Casa da Misericórdia de Grândola estão a receber formação de como cuidar de idosos com esta doença.
 
c/ SIC Notícias
Modificado em terça, 08 novembro 2022 21:38

António Jacinto Maria dos Anjos, dirigente natural de Castro Verde, foi eleito Sócio de Mérito da Federação de Patinagem de Portugal (FPP), por maioria e aclamação, durante a Assembleia Geral Ordinária da FPP, que decorreu no passado dia 22 de Outubro, em Lisboa.
 
A proposta foi apresentada pela direcção da FPP, sob indicação da Associação de Patinagem do Alentejo e Algarve (APAA), segundo os termos estatutários.
 
O dirigente António Jacinto Maria dos Anjos nasceu a 10 de Abril de 1939, em Castro Verde. Actualmente é o sócio nº 5 do Futebol Clube Castrense (FCC), tendo feito parte da fundação deste clube alentejano, a 1 de Abril de 1953. Nos últimos 40 anos passou por vários cargos dos corpos sociais do Futebol Clube Castrense, sendo actualmente vice-presidente da Assembleia Geral do FCC, cargo que ocupa há mais de 30 anos.
 
No ano de 1979, foi o grande obreiro da fundação da Secção de Hóquei e Corridas em Patins do Futebol Clube Castrense. Em Outubro desse ano teve que assumir os treinos para dar continuidade à formação até se encontrar um treinador com conhecimentos do Hóquei em Patins.
 
Na segunda metade dos anos 80 foi o grande impulsionador das Corridas em Patins do FC Castrense, tendo conseguido guiar o clube como um dos mais relevantes nos anais da modalidade.
 
Nas últimas décadas, António dos Anjos tem sido um dos dirigentes desportivos da patinagem, que mais tempo e entusiasmo tem dedicado à causa do desporto na região Alentejo.
 
Segundo a Associação de Patinagem do Alentejo e Algarve, António do Anjos merece “independentemente da cor clubista, um olhar de admiração de todos agentes desportivos da patinagem”. A APAA acrescenta ainda que “António dos Anjos é um cidadão exemplar, um homem bom e uma figura ímpar, a quem a patinagem muito deve”.
 
António dos Anjos é, desde 1993, Sócio de Mérito da Associação de Patinagem do Alentejo e Algarve, galardão aprovado, por unanimidade, pela Assembleia Geral da APAA.
 
No dia 25 de Maio de 1999 foi homenageado pela Federação Portuguesa de Patinagem.
 
Em 2001, na noite do 25 º aniversário da APAA, foi alvo de uma digna distinção e justa homenagem pela Associação Patinagem do Alentejo e Algarve, como reconhecimento pela dedicação, entusiasmo e entrega total à modalidade.
 
A 12 de Setembro de 2021, a Câmara Municipal de Castro Verde cumpriu o que já tinha aprovado: Homenagear publicamente o “ilustre cidadão castrense, António dos Anjos, pela sua dedicação e permanente empenho na sua vida, da nossa comunidade”.
 
A partir desse dia, numa cerimónia que contou com a presença de autarcas, dirigentes de diversas agremiações e centenas de amigos, sócios e adeptos das modalidades da patinagem, o Pavilhão Municipal de Castro Verde passou a designar-se Pavilhão Municipal António dos Anjos.
 
A Federação de Patinagem de Portugal e a Associação de Patinagem do Alentejo e Algarve vêem assim juntar-se a esta merecida homenagem reconhecendo a relevância do cidadão no desenvolvimento dos desportos patinados na sua cidade, na sua região e em todo o sul de Portugal, com a atribuição do grau de Sócio de Mérito da FPP.
Modificado em terça, 08 novembro 2022 17:24

Com início em frente ao Café Restaurante Águias d’Ouro, e integrada no Festival de Caminhadas TransAlentejo, o Município de Estremoz vai promover, no próximo dia 12 de Novembro, sábado, pelas 10 horas, a Caminhada “Monumental de Estremoz”.
 
Durante o percurso, com cerca de 11 quilómetros, os participantes vão ter oportunidade de viver as paisagens da cidade branca do Alentejo.
 
O Festival de Caminhadas TransAlentejo é uma iniciativa da Turismo do Alentejo ERT, da Turismo de Portugal e da SAL - Sistemas de Ar Livre, de lançamento e promoção da Rede de Percursos Pedestres TransAlentejo, pelos 47 concelhos da região e que decorre entre os dias 14 de Outubro e 12 de Novembro.
 
A participação na caminhada “Monumental de Estremoz” é gratuita, estando no entanto limitada a 20 pessoas, sendo necessário efectuar uma inscrição prévia, no Posto de Turismo de Estremoz, pelo telefone 268 339 227, ou através do e-mail Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar..
Modificado em terça, 08 novembro 2022 13:12

Tendo como objectivo principal o de continuar a fazer crianças felizes, o projecto "Bota Solidária" está de volta a Estremoz.
 
A actividade é simples. Entre os dias 15 de Novembro e 18 de Dezembro, todos aqueles que se desloquem ao Museu Berardo Estremoz e que levem um brinquedo para doar, podem visitar, gratuitamente, um dos museus mais visitados e um dos mais emblemáticos da cidade branca do Alentejo. Além da doação do brinquedo, e com os materiais que lhe serão facultados, os visitantes podem ainda enfeitar uma bota solidária, que será colocada na Árvore de Natal do Museu, que estará exposta até Janeiro, como símbolo da solidariedade do brinquedo que doou.
 
Ao participar no projecto “Bota Solidária”, doando um brinquedo, estará a fazer uma criança feliz, que terá um Natal diferente, com a oferta de um brinquedo, que será em muitos casos, o único que receberá neste Natal.
 
Os brinquedos doados, vão ser entregues a diversas instituições, que posteriormente os irão entregar a famílias carenciadas do concelho de Estremoz. Para que seja mais fácil às instituições parceiras desta iniciativa, identificarem a criança indicada para receber os presentes doados, os mesmos devem estar desembrulhados.
 
À semelhança do que já se verificou em anos anteriores, as escolas ou instituições que queiram fazer a actividade em grupo, devem contactar o Museu Berardo Estremoz, através do e-mail Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar. ou através do número de telefone 268 080 281, de modo a efectuarem a sua marcação de visita.
 
O Município de Estremoz lança-lhe o repto: “Alie uma visita cultural ao espírito solidário do Natal. Um simples brinquedo, uma entrada grátis, uma bota enfeitada por si e a magia de fazer uma criança feliz”.
 
 
Modificado em terça, 08 novembro 2022 14:32
Até ao próximo dia 13 de novembro, domingo, o Festival Internacional de Balões de Ar Quente volta a pintar céus do Alentejo, com participantes oriundos de diversos países, como Espanha, França, Bélgica, Luxemburgo, Holanda e, claro, Portugal.
 
Se as condições climatéricas assim o permitirem, serão realizadas 15 sessões de voo, com 35 balões de ar quente a fazer as delícias dos apaixonados por este desporto.
 
Nesta 25.ª Edição, o FIBAQ passará por Nisa (4 e 5 de novembro), Alter do Chão (6 de novembro), Monforte (7 de novembro), Vila Viçosa e Borba (8 de novembro), Fronteira (9 de novembro), Montargil (11 de novembro), Ponte de Sor (12 de novembro) e termina na Fundação Abreu Callado, em Benavila a 13 de novembro.
 
"Como forma de comemorar estas 25 edições, decidimos alargar o número de dias, voos e espetáculos de Night Glow, para que mais pessoas possam vir assistir ao festival e façam um voo livre em balão de ar quente", refere Aníbal Soares, fundador do evento, em comunicado. O Night Glow é um espetáculo noturno de luz, cor e som, onde as chamas dos balões são libertadas ao ritmo da música.
 
Os interessados em viajar ao sabor do vento devem inscrever-se no site oficial do evento e adquirir uma pulseira solidária, agregada a um donativo de 70 euros. As receitas reverterão a favor dos bombeiros dos concelhos aderentes. A disponibilidade dos voos pode também ser consultada no site do evento.
Modificado em sábado, 05 novembro 2022 12:19

PUB