segunda, 23 novembro 2020
sábado, 13 junho 2020 11:51

O Governo Anti Touradas

Escrito por
Talvez poucos se lembrem, por volta de outubro de 2018, ainda se encontrava há pouco tempo como titular da pasta da Cultura, a ministra Graça Fonseca provocou a primeira grande polémica do seu mandato, quando afirmou que o IVA das touradas não seria reduzido: "Não é uma questão de gosto, é uma questão de civilização". "Todas as políticas públicas têm na sua base valores civilizacionais. E as civilizações evoluem", referiu a governante.
 
Apesar de ter tentado esclarecer que não chamou "incivilizados" aos adeptos da tauromaquia, Graça Fonseca, disse manter "exatamente" o que tinha afirmado: "Quando eu afirmo que há valores civilizacionais que diferenciam políticas, é verdade - posso dar como exemplo o debate do uso dos animais em circo. Não é uma questão de gosto, isto não é individual".
 

Logo, quando se escolhe para a pasta da cultura, alguém que é contra a tauromaquia, significa que o Governo é contra essa mesma atividade

 
Não é segredo nenhum, a Ministra da Cultura, Graça Fonseca, é contra a tauromaquia. Logo, quando se escolhe para a pasta da cultura, alguém que é contra a tauromaquia, significa que o Governo é contra essa mesma atividade.
 
Muita gente está pasmada pela forma como este Governo está a tratar a Festa Brava. Mas não devia estar. Também não se pode estranhar a inibição da realização de touradas no seu palco principal que é o Campo Pequeno, e permitir a realização de outras iniciativas naquele nobre espaço. O Governo é claramente contra a realização de touradas.
 
Nós é que não podemos aceitar esta leviandade de tratar as coisas e desrespeitar milhares de cidadãos portugueses. Quando não há debate há imposição, logo não há democracia.
 
Também não é de estranhar a reação da Ministra da Cultura, Graça Fonseca, quando o Grupo de Forcados de Évora tentou falar com ela e tentou entregar-lhe um barrete de forcado, mas a governante não aceitou a oferta, nem quis falar com os integrantes do protesto.
 
É a reação de alguém que despreza a atividade tauromáquica. Não só detesta esta atividade, como a despreza!
 
Mas a Ministra da Cultura, Graça Fonseca, está errada, porque a Tourada também é cultura. Por muito que não lhe agrade a tauromaquia esta é uma atividade cultural centenária e merece ser respeitada.
 
É injusto os espetáculos tauromáquicos estarem proibidos e outros espetáculos serem permitidos nos recintos de tradição tauromáquica.
 
As mesmas regras dever servir para todos. Os mesmos direitos e deveres também para todos.
 
Por isso mesmo, temos que ser exigentes, e obrigar este Governo a cumprir as regras democráticas.
 
* Vereador na Câmara Municpal de Évora, António Costa da Silva
Modificado em sábado, 13 junho 2020 12:02

Deixe um comentário