quinta, 14 novembro 2019
sexta, 11 janeiro 2019 15:18

A propaganda de má memória

Escrito por
O Sr. Primeiro-Ministro, António Costa, participou recentemente em Évora, numa cerimónia no Hospital do Espírito Santo de Évora, num concurso aberto pela Alentejo 2020 – Programa Operacional Regional do Alentejo com um único destinatário, que é a entidade de saúde competente, a ARS (Administração Regional de Saúde do Alentejo) para o financiamento do Hospital Central do Alentejo.
 
O aviso tem uma dotação de 40 milhões de euros.
 
Note-se bem:
1 – Nesta cerimónia não estamos a falar do concurso de lançamento da obra. Não estamos a falar de qualquer fase do projeto. Estamos a falar sim de um Aviso aberto pelos fundos para que a ARS se possa candidatar. 
É o chamado “número” político em ano eleitoral.
 
2 – Estamos a falar de 40 milhões de euros para uma obra que ronda os 175 milhões (sem contar com infraestruturas envolventes e respetivas indemnizações).
 
3 – Se é para uma parte do projeto, de onde vem o restante financiamento? Se é para uma parte do projeto, do que é que estamos concretamente a falar? 
Não se sabe!
Aliás, foi criado um Grupo de Trabalho que já deveria ter apresentado este tipo de informações e ainda não temos quaisquer esclarecimentos sobre o trabalho desenvolvido.
 

A propaganda é esmagadora, fazem cerimónias até para lançar avisos dos fundos comunitários. Ao que chegamos!

A propaganda é esmagadora, fazem cerimónias até para lançar avisos dos fundos comunitários. Ao que chegamos!
 
Triste é, no dia anterior da cerimónia da propaganda, andarem a internar doentes à pressa, para que não se note o caos nas urgências do hospital.
 
Espero bem que o Sr. Primeiro-Ministro, António Costa, aproveite a sua visita a Évora e passe pelo Hospital do Patrocínio, e verifique a situação em que se encontra o elevador principal daquele hospital, que está avariado há mais de um mês e que não tem sido arranjado por falta de dinheiro. Mas muitos exemplos poderiam ser dados!
 
E assim lá vamos andando, um governo que engana descaradamente os portugueses, sem verdadeiramente se preocupar com eles.
 
Apesar de tudo, espero bem que seja desta!
 
* Deputado António Costa da Silva
Modificado em sábado, 12 janeiro 2019 12:23

Deixe um comentário