domingo, 22 julho 2018
É costume ouvir-se dizer que a ciência está em constante evolução e começa a ser igualmente uma constante ouvir-se falar na estremocense Rita Guerreiro, sempre que a ciência dá um passo em direcção ao desenvolvimento de novos fármacos ou na descoberta de perfis genéticos relacionados com as doenças neurodegenerativas.   E voltou a a...
Mais um grande motivo de orgulho para a cidade de Estremoz.   A investigadora estremocense Rita Guerreiro, da britânica University College of London (UCL), voltou a ser distinguida internacionalmente, desta vez em Itália, com a atribuição do prémio “Fondazione Gino Galletti Neuroscience Prize 2015” pelo seu trabalho sobre doenças ne...

Mais Populares