domingo, 08 dezembro 2019
quarta, 20 janeiro 2016 01:54

Incêndio deflagrou no centro da cidade

Escrito por
Sinistro deixou desalojados dois casais de idosos Sinistro deixou desalojados dois casais de idosos Jorge Pereira - Brados do Alentejo
Um incêndio que deflagrou ontem, terça-feira, 19 de Janeiro, em pleno centro da cidade, no Rossio Marquês de Pombal, junto à Câmara Municipal de Estremoz, deixou desalojados dois casais de idosos.
 
O alerta para o incêndio que deflagrou no edifício com três andares onde funciona o Posto de Turismo e onde está localizada a Casa de Estremoz, foi dado cerca das 14 horas.
 
O 2º Comandante dos Bombeiros Voluntários de Estremoz referiu ao “Ardina do Alentejo” que o sinistro “afectou toda a habitação do segundo andar”.
 
Januário Coradinho adiantou que o incêndio “começou numa salinha pequena, que ficou completamente destruída, tendo-se depois propagado a dois quartos contíguos”. O facto de serem casas antigas e de o chão ser de madeira terá feito com que as chamas se alastrassem mais rapidamente.
 
Salientou ainda que “a habitação do primeiro andar, que se encontra actualmente desabitada, e a do terceiro andar ficaram também afectadas, necessitando neste momento de, principalmente, serem arejadas e posteriormente limpas”.
 
Januário Coradinho revelou que “os moradores do andar onde se deu o incêndio foram alojados temporariamente em casa de familiares e que os moradores do terceiro piso serão realojados, em Estremoz, pelo Serviço Municipal de Protecção Civil”.
 
O 2º Comandante fez saber ainda que do sinistro “não resultaram feridos”, tendo uma das moradoras sido transportada ao Serviço de Urgências Básica do Centro de Saúde de Estremoz, apenas por precaução.
 
Sobre as causas que levaram a este incêndio, Januário Coradinho deu como “mera hipótese” que o mesmo possa ter começado por causa “de um aparelho eléctrico de aquecimento”.
 
Modificado em quarta, 20 janeiro 2016 02:06

Deixe um comentário