quinta, 29 outubro 2020
quinta, 03 setembro 2020 10:03

Despiste provoca perda total de ambulância dos Bombeiros Voluntários de Estremoz

Escrito por
O alerta para este despiste, seguido de capotamento, foi dado pelas 23:29 horas O alerta para este despiste, seguido de capotamento, foi dado pelas 23:29 horas DR
O despiste de uma ambulância dos Bombeiros Voluntários de Estremoz, ocorrido na noite de ontem, quarta-feira, 2 de Setembro, ao quilómetro 93,7 da Auto-Estrada 6 (A6), no sentido ÉvoraEstremoz, perto de Évora Monte, provocou ferimentos ligeiros em dois elementos da corporação estremocense.
 
Segundo informações recolhidas pelo Ardina do Alentejo junto do Comando Distrital de Operações de Socorro (CDOS) de Évora, o alerta para este despiste, seguido de capotamento, foi dado pelas 23:29 horas.
 
Os dois membros do corpo activo dos Bombeiros Voluntários de Estremoz, e únicos ocupantes da viatura sinistrada, foram conduzidos ao Hospital do Espírito Santo de Évora (HESE), tendo já recebido alta hospitalar, encontrando-se ambos nas suas casas, em repouso.
 
Segundo fonte dos Soldados da Paz estremocenses, a ambulância tinha acabado de efectuar um transporte do Centro de Saúde de Estremoz para o hospital eborense. A mesma fonte assegurou ainda à nossa reportagem “a perda total da viatura, que embora já com alguns anos de operacionalidade, estava perfeitamente funcional”.
 
Segundo o CDOS de Évora, estiveram presentes no teatro de operações, elementos dos Bombeiros Voluntários de Estremoz, dos Bombeiros Voluntários de Évora, da Guarda Nacional Republicana (GNR) e da empresa Brisa - Auto-Estradas de Portugal, concessionária da A6, num total de 20 operacionais, auxiliados por 11 viaturas, entre elas a Viatura Médica de Emergência e Reanimação (VMER) do HESE.
 
Modificado em quinta, 03 setembro 2020 10:16

Deixe um comentário