domingo, 22 julho 2018

Município de Estremoz assinou acordos e contratos com juntas de freguesia

Escrito por  Publicado em Estremoz %AM, %11 %028 %2018 %00:%Jul.
No total, estes acordos e contratos representam um investimento nas nove freguesias do concelho por parte do Município que ascende a cerca de 240 mil euros anuais No total, estes acordos e contratos representam um investimento nas nove freguesias do concelho por parte do Município que ascende a cerca de 240 mil euros anuais CME
O Salão Nobre da Câmara Municipal de Estremoz recebeu no dia de ontem, terça-feira, 10 de Julho, a cerimónia de assinatura dos acordos de delegação de competências entre a autarquia estremocense e as Juntas de Freguesia do concelho.
 
Os acordos agora assinados dizem respeito à delegação de competências na área da gestão e conservação de arruamentos urbanos, conservação e limpeza de bermas e valetas das estradas e caminhos municipais, gestão e conservação dos edifícios escolares e conservação de espaços verdes.
 
Foram igualmente assinados os contratos interadministrativos de delegação de competências de gestão e conservação de equipamentos municipais e de gestão de lixos grossos, na área das freguesias que quiseram assumir estas competências.
 
No total, estes acordos e contratos representam um investimento nas nove freguesias do concelho por parte do Município liderado por Luís Filipe Mourinha, que ascende a cerca de 240 mil euros anuais.
 
Em nota de imprensa enviada às redacções, o Município de Estremoz garante que irá “continuar a apostar na celebração de delegação de competências nas freguesias, pois estas estão mais próximas das carências das pessoas e que melhor conhecem o território, pelo que estão mais aptas a solucionar os problemas com que se debatem”.
 
A edilidade estremocense assegura que “através desta descentralização de competências e de mais recursos para as freguesias garante-se a realização de pequenas obras e acções que vão ao encontro das necessidades efectivas das populações e que são mais facilmente detectáveis pelas juntas de freguesia, contribuindo assim para a concretização dos objectivos que estão inerentes à política municipal de proximidade aos cidadãos e de mais prioridade às pessoas”.

Deixe um comentário

Mais Populares