terça, 11 dezembro 2018

Sete concelhos alentejanos descem taxa de IMI para 2018

Escrito por  Publicado em Estremoz terça, 09 janeiro 2018 16:41
Na região Alentejo são já 27 os concelhos que colocam em prática o Plano IMI Familiar Na região Alentejo são já 27 os concelhos que colocam em prática o Plano IMI Familiar DR
A descida de impostos é uma das promessas eleitorais mais populares e foram muitos os candidatos nas últimas eleições autárquicas que se socorreram desta bandeira. E os resultados estão à vista: num mapa em que praticamente metade dos concelhos está encostado à taxa mais baixa do imposto municipal sobre os imóveis, os residentes em 52 concelhos vão pagar menos IMI (Imposto Municipal sobre Imóveis) em 2018. E há também mais autarquias a dar o desconto às famílias com filhos.
 
Em 2018, serão sete os concelhos da região Alentejo (Borba, Estremoz, Redondo, Beja, Ferreira do Alentejo, Serpa e Vidigueira) que registam uma descida do IMI e três os concelhos (Vila Viçosa, Mourão e Cuba) onde o IMI vai subir. Nos distritos de Beja, Évora e Portalegre são já 27 os concelhos que colocam em prática o Plano IMI Familiar. O IMI Familiar funciona da seguinte forma: para agregados com um dependente, o valor de dedução fixa é de 20 euros, para dois dependentes, 40 euros e para três ou mais dependentes 70 euros.
 
A nível nacional, 234 autarquias vão manter as taxas inalteradas e apenas nove municípios vão aumentar a taxa do imposto municipal, com praticamente metade dos concelhos a cobrar já a taxa mais baixa sobre os imóveis.
 
Conforme estipula o Código do IMI as taxas podem variar entre os 0,3% e os 0,45%, excepto nos municípios abrangidos por programas de apoio à economia local que podem aplicar uma taxa de 0,5%.
 
As taxas de IMI são definidas anualmente pelas Assembleias Municipais por proposta dos executivos camarários. Por lei têm de ser comunicadas ao Fisco até ao dia 30 de Novembro de cada ano.
 
São estas as taxas de IMI para 2018, aplicadas nos concelhos da região Alentejo.
 
Distrito de Évora
Alandroal – 0,50%
Arraiolos – 0,30%
Borba – 0,42%
Estremoz – 0,32%
Évora – 0,45%
Montemor-o-Novo – 0,30%
Mora – 0,30%
Mourão – 0,50%
Portel – 0,30%
Redondo – 0,375%
Reguengos de Monsaraz – 0,375%
Vendas Novas – 0,34%
Viana do Alentejo – 0,30%
Vila Viçosa – 0,35%
 
Distrito de Portalegre
Alter do Chão – 0,30%
Arronches – 0,30%
Avis – 0,30%
Campo Maior – 0,30%
Castelo de Vide – 0,30%
Crato – 0,30%
Elvas – 0,40%
Fronteira – 0,30%
Gavião – 0,30%
Marvão – 0,30%
Monforte – 0,30%
Nisa – 0,30%
Ponte de Sor – 0,30%
Portalegre – 0,40%
Sousel – 0,40%
 
Distrito de Beja
Aljustrel – 0,325%
Almodôvar – 0,30%
Alvito – 0,30%
Barrancos – 0,30%
Beja – 0,35%
Castro Verde – 0,30%
Cuba – 0,35%
Ferreira do Alentejo – 0,375%
Mértola – 0,375%
Moura – 0,30%
Odemira – 0,33%
Ourique – 0,40%
Serpa – 0,31%
Vidigueira – 0,33%
 
Na região Alentejo, os municípios aderentes ao IMI Familiar em 2018 são:
Distrito de Évora
Borba
Portel
Redondo
Reguengos de Monsaraz
Vendas Novas
Viana do Alentejo
Vila Viçosa
 
Distrito de Portalegre
Alter do Chão
Arronches
Avis
Campo Maior
Castelo de Vide
Crato
Elvas
Fronteira
Marvão
Monforte                                                                 
Nisa
Ponte de Sor
Portalegre
Sousel
 
Distrito de Beja
Almodôvar
Beja
Ferreira do Alentejo
Mértola
Odemira 
Ourique

Deixe um comentário