quarta, 20 novembro 2019

Tentativa de burla em Estremoz

quinta, 16 maio 2019 21:37
Na manhã de hoje, dia 16 de Maio, a estremocense Rosa Severo viveu uma situação que, como a próprio referiu, “achava que só acontecia aos outros...
 
Depois de se ter deslocado a uma superfície comercial da cidade de Estremoz, e assim que chegou a casa, esta professora aposentada foi abordada por um individuo, referindo que a mesma lhe tinha batido no carro. Tendo a noção de que tal situação não correspondia à verdade, Rosa Severo falou com o homem,  que aparentava ter entre os 20 e os 30 anos, de constituição magra, e estatura média baixa, que logo lhe apresentou uma proposta: em troca de 80 euros não seria necessário recorrer às autoridades, a situação ficaria resolvida e posteriormente o individuo mandava reparar o carro.
 
Quando Rosa Severo mencionou que não tinha esse montante de dinheiro na sua posse, a proposta foi de se deslocarem os dois ao Multibanco.
 
Após o arrastar da conversa com o alegado burlão, chega ao local a filha de Rosa Severo, que logo se apercebeu que algo não estava bem. Mesmo apesar da presença da filha de Rosa Severo, o individuo manteve a sua versão história.
 
De imediato, esta estabelece uma ligação telefónica com o seu marido, militar da Guarda Nacional Republicana (GNR). Quando o homem se apercebe de que quem estava do outro lado da linha era um elemento de uma força de segurança, colocou-se no interior da sua viatura e desapareceu.
 
Rosa Severo ainda conseguiu captar a imagem que aqui reproduzimos, que apesar de desfocada, é possível ver a viatura do alegado burlão.
 
Ao que o Ardina do Alentejo conseguiu apurar, as autoridades, nomeadamente elementos da esquadra de Estremoz da Polícia de Segurança Pública (PSP) já estão a par desta ocorrência.
Modificado em sábado, 18 maio 2019 00:25
Segundo foi adiantado por uma fonte da unidade de saúde, e após mais de oito anos de espera, uma clínica de hemodiálise vai abrir em Julho deste ano em Estremoz , num investimento privado que ronda os 2,5 milhões de euros.
 
Manuel Amoedo, Director Clínico do Centro de Hemodiálise, indicou à LUSA que a unidade, destinada a servir doentes da região, vai abrir após autorização da Administração Regional de Saúde do Alentejo.
 
A abertura desta valência, inexistente no concelho, é aguardada pelos investidores desde 2011, ano em que o edifício ficou construído e com equipamento para começar a funcionar.
 
Manuel Amoedo referiu que a unidade destina-se "a tratar os doentes com insuficiência renal crónica terminal que optem por hemodiálise como terapêutica substituta da função renal".
 
Segundo o responsável, a unidade está equipada com "a mais moderna tecnologia na área da hemodiálise".
 
O material de diálise que vai ser utilizado na clínica foi fornecido pelo Grupo Fresenius Medical Care, adiantou o responsável.
 
De acordo com o clínico, o investimento de cerca de 2,5 milhões de euros inclui a construção do edifício, localizado junto à zona industrial de Estremoz, e o equipamento da clínica.
 
A clínica vai servir sobretudo o concelho de Estremoz e concelhos limítrofes, nomeadamente as zonas a sul de Portalegre e a norte de Évora, entre as quais o concelho de Elvas, indicou Manuel Amoedo.
 
Actualmente, os doentes desta região que necessitam de fazer esta terapêutica têm de se deslocar aos centros de diálise de Évora e Portalegre.
 
De acordo com Manuel Amoedo, a clínica vai diminuir a distância que os doentes desta zona têm de percorrer para fazer o tratamento e descongestionar o centro de diálise de Évora, que "está no limite da sua capacidade".
 
Segundo o responsável, a unidade de Estremoz vai criar entre 10 e 15 postos de trabalho e mais 20 a 25 postos de trabalho em regime de tempo parcial, entre os quais sete médicos e 15 enfermeiros.
 
c/ LUSA
Modificado em quinta, 16 maio 2019 16:22
Realiza-se no próximo dia 25 de Maio, a primeira recolha de sangue do ano de 2019 do Grupo Benévolo de Dadores de Sangue do Centro Social e Paroquial de Santo André de Estremoz.
 
Entre as 9 e as 13 horas, nas instalações da antiga Casa Inglesa, com entrada na Avenida Condessa da Cuba, em Estremoz, espera-se a presença de todos aqueles que queiram doar um pouco de si, para benefício daqueles que mais precisam.
 
Se tiver 18 anos ou 50 quilos de peso, já pode contribuir com a dádiva e a partir das duas doações, o dador tem direito à isenção da taxa moderadora.
 
Hoje pelos outros, amanhã por nós!
Modificado em quarta, 15 maio 2019 02:47
Repetindo a experiência do ano passado, que se revelou um verdadeiro sucesso, a Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários de Estremoz (AHBVE) vai voltar a organizar uma Caminhada / Corrida, garantindo que a de 2019 ainda será melhor que a de 2018. A II edição deste evento acontecerá a uma segunda-feira, dia 10 de Junho, feriado nacional, Dia de Portugal, de Camões e das Comunidades Portuguesas, estando prevista a concentração de todos os participantes pelas 09 horas, no Quartel-Sede dos Soldados da Paz estremocenses.
 
Para participar na Caminhada / Corrida dos Bombeiros Voluntários de Estremoz será necessário efectuar uma inscrição, com o custo de apenas “5 Capacetes”. As inscrições devem ser efectuadas presencialmente no Quartel dos Bombeiros Voluntários de Estremoz, via telefone para o número 268337360 ou ainda por e-mail para Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar., até ao dia 31 de Maio de 2019.
 
A organização informa que os primeiros 200 inscritos terão direito a uma camisola alusiva ao evento e que no final da Caminhada / Corrida será servida nas instalações da AHBVE uma Sardinhada, estando ainda previstas algumas surpresas, para além da tradicional animação musical e de uma aula de zumba. Até bolo de aniversário está prometido...
 
Esta iniciativa é uma organização da Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários de Estremoz, com o apoio da Câmara Municipal local, da União das Freguesias de Estremoz (Santa Maria e Santo André) e de diversas empresas locais.
Modificado em quarta, 15 maio 2019 00:56
Deolinda Ramalho sucede a Paula Caeiro e é a nova responsável pelo Serviço de Emprego de Estremoz.
 
Desde o primeiro dia de Maio que Deolinda Ramalho ocupa o cargo de directora-adjunta do Instituto de Emprego e Formação Profissional (IEFP) de Évora da Delegação Regional do Alentejo, com responsabilidade no Serviço de Emprego de Estremoz, deixando, assim, a coordenação do Núcleo de Gestão do Mercado de Emprego do Instituto de Emprego e Formação Profissional de Évora, funções essas que desempenhava desde Junho de 2015.
 
Em declarações ao site ODigital.pt, Arnaldo Frade, Delegado Regional do Alentejo do Instituto de Emprego e Formação Profissional, salientou que as nomeações de Deolinda Ramalho e dos restantes directores-adjuntos acontecem “em regime de substituição”. Adiantou ainda que “a seu tempo serão abertos os concursos nos termos da lei e quem reunir as condições e os requisitos exigidos poderá ser opositor ao concurso, que dará depois lugar a um resultado e a uma nomeação em comissão de serviço daquela que for a pessoa que o júri entenda ter o melhor perfil para a função”. 
Modificado em sábado, 11 maio 2019 18:40
Em parceria com o Clube de Direitos Humanos e o Clube de Poesia, a Associação de Pais da Escola Secundária/3 da Rainha Santa Isabel de Estremoz, vai assinalar o Dia Internacional da Família na próxima quarta-feira, dia 15 de Maio.
 
Tendo como objectivo principal a aproximação da família ao meio escolar, os promotores desta iniciativa convidam os pais e avós a participar nestas comemorações que têm início pelas 10 horas, junto à porta principal da escola.
 
Segue-se na Biblioteca da Escola um Momento de Poesia com a participação de professores, alunos e pais; a sessão "Vamos Falar de Direitos Humanos" com a professora Maria do Céu Pires, e uma visita à escola.
Modificado em sexta, 10 maio 2019 13:06
37 peregrinos, acompanhados por cinco pessoas na estrutura de apoio, iniciaram na manhã desta quarta-feira, 8 de Maio, o seu caminho de fé até ao Santuário de Fátima.
 
A partida da Igreja de São Francisco, em Estremoz, aconteceu pelas 07:30 da manhã, depois de terem assistido a uma missa que se realizou pelas 06 horas.
 
Segundo o relato de um peregrino contactado pelo Ardina do Alentejo, o primeiro dia de peregrinação, que terminou em Avis, foi “um dia com muita chuva. Chegámos todos bem, mas há muita gente com bolhas nos pés”. 
 
Estes peregrinos, oriundos de Estremoz e de vários concelhos vizinhos, cumprirão cinco dias de uma caminhada cheia de fé e devoção a Nossa Senhora de Fátima, que terminará na Cova de Iria, no próximo domingo, dia 12.
 
Os peregrinos partem no dia de amanhã, de Avis até Ponte de Sôr, onde pernoitam.
Com o objectivo de promover o concelho de Estremoz e as suas potencialidades, o Município estremocense vai “invadirLisboa e levar à Casa do Alentejo, uma mostra de artesanato, produtos regionais e iniciativas de divulgação do património.
 
A Semana de Estremoz, que irá decorrer entre os dias 13 e 18 de Maio, tem várias actividades e iniciativas distribuídas pelo seguinte programa:
 
13 de Maio
15 horas - Inauguração da Exposição "Estremoz Rural", que estará patente durante toda a semana;
15:30 às 17:30 horas - Trabalho ao vivo das alunas de Barrística da Academia Sénior de Estremoz.
 
14 de Maio
14 às 18 horas - Mostra de Artesanato do Concelho de Estremoz;
18 horas - Comunicação: "Património Religioso do concelho de Estremoz: elementos arquitectónicos e decorativos distintivos", pelo Dr. Luís Pereira, Câmara Municipal de Estremoz.
 
15 de Maio
14 às 18 horas - Mostra de Artesanato do Concelho de Estremoz;
18 horas - Comunicação: "A geometria nos Bonecos de Estremoz", pelo Professor Rui Dias, Director do Centro de Ciência Viva de Estremoz.
 
16 de Maio
15 às 17 horas - Degustação de Doces e Licores Regionais;
18 horas - Comunicação: "Bonecos de Estremoz: apontamentos para a sua sustentabilidade", pelo Dr. Hugo Guerreiro, Câmara Municipal de Estremoz.
 
17 de Maio
15 às 17 horas- Degustação de Queijos, Enchidos e Vinhos de Estremoz;
17 às 18 horas - Actuação do músico Paulo Lopes com o Grupo de Revista da Academia Sénior de Estremoz e o Grupo de Dança da Academia Sénior de Estremoz.
 
18 de Maio
16 às 17:30 horas - Actuação do Grupo de Cantares Vozes da Idade do Ouro e do Grupo de Danças Country.
Modificado em quarta, 08 maio 2019 22:34
O Município de Estremoz implementou medidas cautelares, de redução de velocidade de 50 km/h para 30 km/h e instalou rails de protecção, na Avenida de Santo António, junto às pedreiras, e na Avenida Rainha Santa Isabel, junto à Rotunda do Bombeiro, na zona junto ao talude da pedreira, minimizando assim a transmissão de vibrações introduzidas pela circulação de veículos na zona confinante ao talude e a sua propagação sobre o mesmo, salvaguardando a segurança de pessoas e utilizadores desta via e seus bens.
 
Com estas medidas evitam-se presumíveis colisões junto à pedreira, que se encontra desactivada e abandonada pelos proprietários, permitindo uma maior segurança de quem utiliza aquela via de comunicação de tráfego rodoviário e pedonal, uma das principais artérias da cidade de Estremoz, devido à sua função estruturante na ligação da Estrada Nacional 4 (EN4) à Estrada Nacional 18 (EN18) / Itinerário Principal 2 (IP2).
Modificado em terça, 23 abril 2019 18:37