sexta, 14 agosto 2020

E a Serra d'Ossa voltou a arder

sábado, 26 setembro 2015 21:08
Passavam 36 minutos das 17 horas quando foi dado o alerta para um incêndio que lavrava na zona do Monte do Búzio, na freguesia da Glória, concelho de Estremoz, em plena Serra d’Ossa.
 
De pronto foram deslocados para o local vários bombeiros, das corporações de Vila Viçosa, Borba, Redondo, Estremoz, Alandroal, Évora, Arraiolos, Reguengos de Monsaraz, Viana do Alentejo, Montemor-o-Novo, Vendas Novas e Mora.
 
Estiveram no combate às chamas, que chegaram a lavrar em duas frentes e cujo combate foi dificultado pelo forte vento que se fazia sentir, um total de 110 operacionais, auxiliados por 33 veículos e dois meios aéreos.
 
Embora ainda não tenham sido divulgadas as causas do incêndio, a trovoada que sobrevoou a região de Estremoz no final da tarde deste sábado, 26 de Setembro, e a consequente queda de um raio, poderão estar na causa deste incêndio. Ainda não é igualmente conhecida a área ardida.
 
Decorrem neste momento os trabalhos de rescaldo, depois do incêndio ter sido dado como dominado cerca das 20 horas.
Modificado em sábado, 26 setembro 2015 21:54

RC3 envia 30 militares para o Iraque

quinta, 24 setembro 2015 12:49
O Regimento de Cavalaria 3 (RC3), sedeado em Estremoz, vai enviar 30 militares numa missão para o Iraque. Segundo o comandante da unidade, esta é a segunda força portuguesa destacada para aquele país do Médio Oriente.
 
O Coronel Nuno Duarte explicou à LUSA que a unidade que dirige tem a missão de proceder ao aprontamento de 30 militares, 11 oficiais, 16 sargentos e três praças, provenientes de unidades que pertencem à Brigada de Reacção Rápida (BrigRR) do Exército, sendo que 21 integram as fileiras do RC3, que está também integrado na BrigRR.
 
Nuno Duarte adiantou que os militares partem para o Iraque na última semana de Outubro, numa missão de seis meses. Irão render no dia 6 de Novembro, os militares do Centro de Tropas dos Comandos, que constituíram a primeira força portuguesa destacada para aquele país do Médio Oriente e que partiram de Portugal em Maio deste ano.
 
As três dezenas de militares portugueses vão "ministrar formação e treino às forças iraquianas", no âmbito da coligação internacional contra o Estado Islâmico do Iraque, liderada pelos Estados Unidos, e juntar-se aos militares de outros países.
 
"Os militares estão a preparar-se para cumprirem uma missão na defesa dos valores e interesses ocidentais", disse o Coronel Nuno Duarte.
 
O RC3, a unidade mais antiga em actividade do Exército Português, está instalado em Estremoz há 140 anos, desde 5 de Abril de 1875, e integra a Brigada de Reacção Rápida, com comando em Tancos, uma das principais unidades operacionais do Exército.
 
O Regimento de Cavalaria 3 "Dragões de Olivença" tem origem numa das mais antigas unidades do Exército, fundada em 1707, em Olivença.
 
A Brigada de Reacção Rápida integra na sua maioria militares paraquedistas, comandos e de operações especiais "altamente treinados".
 
A "elevada preparação" dos seus militares e o seu "moderno equipamento" torna a BrigRR como a principal força de intervenção terrestre de Portugal, com inúmeras operações em vários países.
 
c/ LUSA
 
Modificado em quinta, 24 setembro 2015 13:03
À semelhança do que tem vindo a acontecer nos últimos anos, o Município de Estremoz vai assinalar o Dia Mundial do Turismo, que se comemora no próximo Domingo, 27 de Setembro. Tal como aconteceu no ano de 2014, a comemoração será subordinada ao tema “Turismo Solidário”.
 
Numa iniciativa realizada em parceria com a CERCIEstremoz, será organizada uma pequena feira “Turismo Solidário”, no Sábado, dia 26 de Setembro, das 10 às 13 horas, em frente ao Posto de Turismo de Estremoz, e durante a tarde de Sábado e todo o dia de Domingo, no Posto de Turismo, com venda de trabalhos realizados pelos utentes daquela instituição.
 
Durante o fim-de-semana, a todos aqueles que visitarem a feira e o posto de turismo, serão entregues lembranças para que mais tarde possam recordar a sua visita ao concelho de Estremoz.
 
Para além destas iniciativas que irão decorrer no Posto de Turismo, durante o Dia Mundial do Turismo, quer o Museu Municipal Professor Joaquim Vermelho, quer o Centro de Ciência Viva de Estremoz, terão entrada gratuita para todos os visitantes. 
 
As comemorações do Dia Mundial do Turismo em Estremoz são uma organização do Município, em parceria com a CERCIEstremoz e o Centro de Ciência Viva.
 

Estremoz vai ter unidade rural de 5 estrelas

segunda, 21 setembro 2015 12:32
Num investimento que vai rondar os 1,5 milhões de euros, vai ser criada no concelho de Estremoz uma unidade de turismo rural de cinco estrelas.
 
Victor Borges, sócio-gerente da Sociedade de Agroturismo Padam, de capitais luso-franceses, que vai construir o empreendimento turístico na Herdade das Freiras, revelou à LUSA que as obras vão começar no final deste ano, devendo ficar concluídas em 2017. 
 
Segundo o empresário, a construção da unidade de turismo rural vai contar com o apoio de fundos comunitários, através do Portugal 2020
 
A unidade vai ser criada numa propriedade com 120 hectares de olival, em terreno de Reserva Ecológica Nacional, que inclui uma horta e um antigo lagar, construído em 1904. 
 
A intenção dos promotores é a de recuperar os três montes da herdade para a instalação de 10 suites, cinco das quais com piscinas privativas, e criar espaços ajardinados, assim como desenvolver um projecto para criar uma quinta tradicional portuguesa. 
 
O empresário referiu que "pretendemos promover esta região a nível nacional e internacional e levar os nossos clientes a descobrirem os valores tradicionais portugueses”. 
 
Radicado há 12 anos em França, Victor Borges vai desenvolver este projecto de turismo rural com o empresário francês Franck Laigneau, que, segundo o município de Estremoz, "é proprietário de uma das mais prestigiadas galerias de ´design` de Paris". 
 
O empreendimento turístico vai incluir ainda uma galeria de exposições, que se propõe desenvolver experiências culturais e artísticas portuguesas e de âmbito internacional. 
 
A unidade vai integrar peças de mobiliário europeu dos séculos XIX e XX, da colecção do galerista Franck Laigneau, que estão integradas na exposição "ArtistaArtesão", que pode ser visitada no Palácio dos Marqueses da Praia e Monforte, em Estremoz, até 30 de Novembro.
 
A colisão entre um veículo pesado de mercadorias e um ligeiro de passageiros sem carta, ocorrido cerca das 18 horas de hoje, sábado, dia 19 de Setembro, na Estrada Nacional 4 (EN4), junto ao cruzamento que dá acesso à cidade de Estremoz, cerca do Cemitério Municipal, provocou um ferido grave.
 
De acordo com fonte do Comando Distrital de Operações de Socorro (CDOS) de Évora, o ferido grave, que após o acidente foi transportado pela viatura SIV (Suporte Imediato de Vida) de Estremoz para o Hospital do Espirito Santo (HES), em Évora, trata-se do condutor do ligeiro de passageiros, um homem com 83 anos e que era o único ocupante do veículo vulgarmente conhecido como “Mata-Velhos”.
 
Segundo informações recolhidas pelo “Ardina do Alentejo” junto do HES, o ferido grave encontra-se internato, em coma induzido, sendo o seu prognóstico reservado. 
 
Ainda segundo a mesma fonte do CDOS, estiveram no local os Bombeiros Voluntários de Estremoz, a Guarda Nacional Republicana (GNR), a viatura Suporte Imediato de Vida (SIV) de Estremoz e a Viatura Médica de Emergência e Reanimação (VMER) e a Polícia de Segurança Pública (PSP), num total de 16 elementos.
Ao início da tarde deste Sábado, dia 19 de Setembro, dois veículos ligeiros colidiram na Avenida Rainha Santa Isabel, em Estremoz.
 
De acordo com fonte do Comando Distrital de Operações de Socorro (CDOS) de Évora, o alerta para o acidente foi dado às 13.35 horas e há a registar três feridos ligeiros.
 
No local estiveram os Bombeiros Voluntários de Estremoz e a Polícia de Segurança Pública (PSP), num total de 17 elementos e seis veículos.
As vítimas foram transportadas para o Serviço de Urgência Básica (SUB) do Centro de Saúde de Estremoz.
 

Supermercado assaltado em Estremoz

sábado, 19 setembro 2015 01:37
Foi assaltado, durante a tarde de ontem, sexta-feira, dia 18 de Setembro, o "Supermercado Ana e Carla", estabelecimento situado na Praceta Marechal António Spinola, em Estremoz.
 
Ao que o “Ardina do Alentejo” conseguiu apurar, pouco passava das 17 horas, quando cinco mulheres, com idades compreendidas entre os 16 e os 50 anos, vestidas de negro e com saias até aos pés, entraram dentro da superfície comercial e, actuando como que se de um arrastão se tratasse, furtaram maquilhagem vária, tintas para o cabelo, pequenos electrodomésticos e alguns produtos alimentares.
 
Depois de consumado o assalto, as "amigas do alheio" fugiram num carro castanho. No interior do estabelecimento, que se encontra localizado numa das maiores zonas habitacionais de Estremoz, apenas estava o seu proprietário e uma familiar deste.  
 
O valor do material furtado ainda não está contabilizado.
 
Os proprietários do “Supermercado Ana e Carla" já apresentaram queixa na esquadra da Polícia de Segurança Pública (PSP) de Estremoz.

Capela da Rainha Santa Isabel foi assaltada

quinta, 10 setembro 2015 17:36
A Capela da Rainha Santa Isabel, situada no Castelo de Estremoz, foi assaltada na madrugada da passada quarta-feira, segundo informação veiculada pela Rádio Despertar – Voz de Estremoz.
 
Segundo a estação emissora estremocense, foram furtados vários artigos de culto, que faziam parte do espólio da Capela, não se sabendo até ao momento o valor do roubo.
 
O caso já foi entregue às autoridades.
 
De recordar que, durante o mês de Agosto, e também no concelho de Estremoz, os “amigos do alheio” tinham assaltado a Igreja de São Domingos.
 
c/ Rádio Despertar - Voz de Estremoz
 
Modificado em quinta, 10 setembro 2015 17:57

No próximo dia 10 de Setembro, quinta-feira, a Misericórdia de Estremoz vai inaugurar uma residência sénior. Segundo o Provedor da instituição, Miguel Raimundo, a residência destina-se a albergar 26 utentes, e representa um investimento de cerca de 1,5 milhões de euros.  

Em entrevista à LUSA, o provedor referiu que a unidade de apoio a idosos resultou de uma obra de adaptação do edifício "José Brito da Luz", anexo ao Convento das Maltezas, que é propriedade da instituição e que está situado no Rossio Marquês de Pombal, no centro da cidade de Estremoz.

O investimento foi comparticipado em cerca de 60% por fundos comunitários.

O responsável da instituição salientou tratar-se da concretização de "uma antiga aspiração" da Misericórdia de Estremoz, que nunca teve um lar de idosos, que vai aumentar a oferta de apoio social na região e permitir que os idosos fiquem mais perto da sua comunidade.

A instituição prevê a criação de cerca de 10 postos de trabalho na nova unidade de apoio a idosos, que conta com 14 quartos (individuais, duplos e triplos).

As áreas funcionais da residência vão ficar distribuídas pelos três pisos do edifício, que foram objecto de obras de adaptação.

A Misericórdia de Estremoz, que "é a única no distrito de Évora sem uma resposta social" nesta área, segundo o provedor, gere ainda uma casa abrigo de apoio a mulheres vítimas de violência doméstica, destinada a 17 utentes, que abriu em 2009.

A inauguração da residência sénior deverá ser presidida pelo Secretário de Estado da Solidariedade e da Segurança Social, Agostinho Branquinho.