domingo, 17 novembro 2019
Foram cerca de 70 as pessoas que ontem, dia 14 de Novembro, participaram nas actividades desenvolvidas no Centro de Saúde de Estremoz por ocasião da comemoração do Dia Mundial da Diabetes.
 
A celebração do Dia Mundial da Diabetes teve como finalidade chamar a atenção dos profissionais de saúde, da comunicação social e da comunidade em geral para a problemática da Diabetes Mellitus.
 
Durante a manhã desta quinta-feira foram realizadas actividades educativas sobre a diabetes e sobre a importância da alimentação e do exercício físico. Para além da aferição da glicemia capilar, houve ainda espaço e tempo para o exercício físico com uma muito animada e concorrida aula de Zumba.
 
Esta actividade foi realizada em parceria com a Unidade de Cuidados Continuados (UCC), a Unidade de Saúde Familiar (USF) e Unidade de Cuidados de Saúde Primários (UCSP) e contou com a colaboração da Câmara Municipal de Estremoz e do Intermarché de Estremoz.
Modificado em sexta, 15 novembro 2019 01:41
O auditório da Casa de Estremoz recebe, no próximo dia 19 de Novembro, terça-feira, pelas 18 horas, a apresentação pública das propostas preliminares do Plano de Urbanização de Estremoz e do Plano de Pormenor de Reabilitação Urbana da cidade branca do Alentejo.
 
Estes planos municipais de ordenamento do território estão a ser desenvolvidos pela equipa da Arquipélago, coordenada pelo arquitecto Manuel Lapão, que irá apresentar as propostas preliminares que têm vindo a ser discutidas com o Município estremocense, bem como as respetivas estratégias de intervenção e modelos de desenvolvimento.
 
A realização do Plano de Urbanização da cidade de Estremoz decorre da aplicação da legislação em vigor para os instrumentos de gestão territorial, designadamente do estipulado no Plano Regional de Ordenamento do Território do Alentejo, que determina que todas as sedes de concelho têm que possuir plano de urbanização.
 
Já o Plano de Pormenor de Reabilitação Urbana é elaborado tendo em conta a delimitação da Área de Reabilitação Urbana da cidade de Estremoz e, como o nome indica, pormenoriza as acções, a estratégia de intervenção, o zonamento e o modelo de desenvolvimento urbano para a referida área.
 
Num investimento privado de cerca de três milhões de euros, e após oito anos de espera, já abriu a Clínica de Hemodiálise de Estremoz, disse à Lusa um responsável da unidade de saúde.
 
O director clínico do centro de hemodiálise, Manuel Amoedo, indicou que a unidade, destinada a servir os doentes da região, abriu após autorização da Administração Regional de Saúde do Alentejo (ARS).
 
A abertura desta valência, inexistente no concelho e que vai funcionar de segunda-feira a sábado, era aguardada pelos investidores desde 2011, ano em que o edifício ficou construído e com equipamento para começar a funcionar.
 
Manuel Amoedo justificou o atraso com o facto de a ARS Alentejo alegar que o Ministério da Saúde e a Administração Central do Sistema de Saúde não autorizavam a abertura, considerando que "iria aumentar os custos, o que não se confirma, visto que, pelo contrário, o custo de transporte diminui e o tratamento é igual".
 
Depois de ter estado prevista a abertura da clínica para Julho deste ano, segundo o responsável da unidade, "surgiram alguns contratempos" que não permitiram que abrisse naquela altura.
 
Manuel Amoedo referiu que a unidade se destina "a tratar os doentes com insuficiência renal crónica terminal que optem por hemodiálise como terapêutica substitutiva da função renal". A unidade, segundo o responsável, está equipada com "a mais moderna tecnologia na área da hemodiálise".
 
De acordo com o clínico, o investimento de cerca de três milhões de euros inclui a construção do edifício, próximo da Zona Industrial de Estremoz, e o equipamento da clínica.
 
O centro vai servir, sobretudo, Estremoz e concelhos limítrofes, nomeadamente as zonas a sul de Portalegre e a norte de Évora, entre as quais a zona de Elvas, indicou Manuel Amoedo. Os doentes desta região que necessitam de fazer a terapêutica e que passam a utilizar a clínica de Estremoz tinham, anteriormente, de se deslocar aos centros de diálise de Évora e de Portalegre.
 
De acordo com Manuel Amoedo, a clínica diminui a distância que os doentes desta zona têm de percorrer para fazer o tratamento e descongestiona o centro de diálise de Évora, que "está no limite da sua capacidade". Segundo o responsável, a unidade de Estremoz vai criar entre 10 e 15 postos de trabalho e mais 20 a 25 em regime de tempo parcial, entre médicos e enfermeiros.
Modificado em segunda, 04 novembro 2019 20:39
Na reunião da passada quarta-feira, dia 30 de Outubro, realizada no Salão Nobre dos Paços do Concelho, o executivo da Câmara Municipal de Estremoz aprovou, por maioria, submeter à Assembleia Municipal a autorização prévia à decisão de contratação de um empréstimo de médio e longo prazo, a 12 anos, até ao montante de 2,4 milhões de euros.
 
Segundo Francisco Ramos, eleito pelo MiETZ – Movimento Independente por Estremoz, "a amortização de empréstimos bancários” efectuada durante o ano de 2019 pela câmara municipal “corresponde praticamente ao valor do empréstimo que se pretende contrair para financiar diversos investimentos de âmbito económico, social, cultural e desportivo".
 
Para além das obras no Rossio Marquês de Pombal, ao abrigo do PEDU - Plano Estratégico de Desenvolvimento Urbano, nos espaços em frente aos Paços do Concelho e onde se realiza a feira de velharias, o Município estremocense tenciona investir também na criação do Centro Interpretativo do Boneco de Estremoz, e no novo Estaleiro Municipal, situado nas antigas instalações da empresa Batanete, bem como na recuperação do Pavilhão Municipal e das Piscinas Municipais.
 
Também no âmbito do PEDU, a autarquia pretende efectuar a requalificação de vários espaços públicos, como o Largo General Graça, em Estremoz, a Praça dos Aviadores, em Évora Monte, e o Largo 25 de Abril, em Veiros.
 
A requalificação do Largo 1.º de Maio, em Arcos, a extensão da rede de saneamento de águas residuais do subsistema de S. Domingos de Ana Loura, a ampliação da Estação de Tratamento de Águas Residuais (ETAR) de Arcos e a construção da rede de águas pluviais e saneamento na zona da Quinta do Carmo, em Estremoz, são outras das obras previstas.
 
Entre os investimentos programados contam-se também a extensão da rede pública de abastecimento e distribuição de águas do sistema de S. Bento do Cortiço, a implementação das zonas de medição e controlo nos serviços de abastecimento ao concelho, a construção de um novo depósito de água em Arcos, e a recuperação de diversos arruamentos nas freguesias.
 
c/ LUSA
Modificado em segunda, 04 novembro 2019 20:05
O popular Quim Barreiros e a dupla As Bombocas são os principais artistas que irão animar musicalmente a edição de 2019 da Cozinha dos Ganhões, evento gastronómico, que decorrerá no Parque de Feiras e Exposições da cidade de Estremoz, entre os dias 28 de Novembro e 1 de Dezembro.
 
No dia 29 de Novembro, sexta-feira, sobe ao palco Quim Barreiros, autor e intérprete de êxitos como “O Mestre de Culinária”, "A Cabritinha", "A Garagem da Vizinha" e, mais recentemente, "Amélia Costureira".
 
As Bombocas, grupo criado pelo músico Emanuel, actuam no sábado, dia 30 de Novembro, e é esperada muita animação, ao som dos sucessos musicais "Eles são todos iguais", “Até te passas” ou “Aguenta-te à Bomboca”.
 
A autarquia estremocense acredita que com “a rica gastronomia, a doçaria, os produtos regionais, o artesanato e muita animação cultural” estão reunidos os ingredientes necessários para que a edição de 2019 da Cozinha dos Ganhões seja “um sucesso”.
 
Esta iniciativa é uma organização da Câmara Municipal de Estremoz com o principal objectivo do desenvolvimento e promoção turística do concelho, valorizando as tradições e os costumes de Estremoz e do Alentejo.
 

 

Modificado em quinta, 10 outubro 2019 16:41
Será durante o ano de 2020 que o Museu Municipal Professor Joaquim Vermelho, em Estremoz, ficará dotado com mais uma valência de âmbito científico, nomeadamente um “Laboratório de Investigação, Conservação e Restauro de Cerâmica e Figurado em Barro de Estremoz”.
 
Segundo a autarquia liderada por Francisco Ramos, este laboratório, que representa um investimento total acima dos 50 mil euros, “foi alvo de uma candidatura elaborada no âmbito do Alentejo 2020, sendo comparticipada a 75% pelo Fundo Europeu de Desenvolvimento Regional (FEDER)”, e tem como principal objectivo “potenciar o conhecimento sobre o Figurado de Estremoz, cuja produção é Património da Humanidade desde 2017, e também às restantes cerâmicas, sejam estas populares, de origem arqueológica ou artísticas, centralizando no laboratório o restauro e a conservação de Figurado de Estremoz, esteja este património na posse de particulares, associações ou instituições museais”.
 
O Centro Hércules da Universidade de Évora será parceiro neste projecto, para assim potenciar e rentabilizar o investimento a realizar.
 

O Partido Socialista (PS) foi o partido mais votado no concelho de Estremoz, alcançando os 40,66% dos votos. O partido de António Costa goleou no concelho de Estremoz, vencendo em todas as freguesias. O Partido Social Democrata (PSD) foi o segundo partido mais votado no concelho de Estremoz, com 22,51% dos votos. Houve duas freguesias estremocenses (Évora Monte e São Domingos de Ana Loura) em que o partido liderado por Rui Rio ficou na 4ª posição, atrás de comunistas e bloquistas. A CDU ficou na terceira posição, com 10,25 %, enquanto que o BE atingiu os 8,92 %. A abstenção no concelho de Estremoz fixou-se nos 48,35%. Destaque neste parâmetro, e pela positiva, para a União das freguesias de São Lourenço de Mamporcão e São Bento de Ana Loura, onde abstenção se fixou apenas nos 30,23%.


Modificado em segunda, 07 outubro 2019 17:46
Entre os dias 28 de Novembro e 1 de Dezembro, decorrerá no Parque de Feiras e Exposições de Estremoz Engenheiro André de Brito Tavares, a edição de 2019 da Cozinha dos Ganhões, um dos certames gastronómicos mais visitados a Sul do Tejo.
 
À semelhança dos anos anteriores, a XXVII Cozinha dos Ganhões oferece aos milhares de visitantes, para além da rica gastronomia, a doçaria, os produtos regionais, artesanato e muita animação cultural.
 
Até ao próximo dia 25 de Outubro, estão abertas as inscrições para os expositores. As mesmas podem ser efectuadas no Secretariado do Parque de Feiras, no Pavilhão A, ou através do site do Município de Estremoz, onde poderá consultar as Normas de Funcionamento e a Ficha de Inscrição.
 
Este certame é organizado pela Câmara Municipal de Estremoz e tem como principal objectivo o desenvolvimento e promoção turística do concelho, valorizando as tradições e os costumes de Estremoz e do Alentejo.
Na passada segunda-feira, dia 30 de Setembro, foi assinado entre o Município de Estremoz, representada no acto pelo Presidente da autarquia, Francisco Ramos, e a Santa Casa da Misericórdia de Estremoz, representada na assinatura pelo Provedor Miguel Raimundo, um protocolo de colaboração para depósito do arquivo histórico da Santa Casa da Misericórdia no Arquivo Municipal de Estremoz.
 
A Santa Casa da Misericórdia de Estremoz é detentora de um arquivo digital com documentação e informação, com valor arquivístico, que entregou à guarda do Arquivo Municipal, continuando na condição de proprietária, mas ficando o Município com a responsabilidade de zelar pela conservação, segurança e tratamento técnico, nas melhores condições possíveis, da documentação entregue.
 
O acervo poderá ser divulgado e consultado, mas apenas poderá ser cedido a terceiros, com autorização da Santa Casa, nomeadamente no que diz respeito aos direitos sobre cedência de imagens para publicação ou empréstimo dos documentos.
Modificado em quarta, 02 outubro 2019 18:07