quinta, 23 março 2017

'Marginais' em debate na Cadeia Quinhentista

Escrito por segunda, 13 março 2017 12:01
No próximo sábado, dia 18 de Março, pelas 16 horas, realiza-se no restaurante estremocense “A Cadeia Quinhentista”, a segunda conferência do ciclo "Diálogos com História e Património", desta feita subordinada ao tema “Marginais”, e cuja organização pertence ao grupo CIDADE - Cidadãos pela Defesa do Património de Estremoz.
 
Episódios de Estremoz Medieval contados pelos ossos” e “Muçulmanos, Judeus e Cristãos no Além Tejo Medieval” são duas palestras, unidas pelo tema central “Marginais”, que irão analisar a diversidade do universo daqueles que vivem à margem da sociedade da Idade Média: os criminosos, mas também os jograis, as prostitutas e os usurários, os doentes e os inválidos, e ainda os judeus, os muçulmanos, os hereges e os pagãos.
 
Na conferência "Episódios de Estremoz Medieval contados pelos ossos", Teresa Matos Fernandes, professora de Antropologia Biológica na Universidade de Évora, apresentará as conclusões sobre a análise dos ossos humanos escavados na necrópole medieval do Rossio de Estremoz.
 
Na conferência "Muçulmanos, Judeus e Cristãos no Além Tejo Medieval", Filomena Barros, professora de História na Universidade de Évora, analisará as relações entre as minorias étnico-religiosas presentes no Sul de Portugal, muçulmanos e judeus, e a maioria cristã, até ao édito de expulsão, em 1496.

Mais Populares