segunda, 14 outubro 2019
quarta, 01 julho 2015 21:17

Hugo Painho volta ao Arcoense e promete muito trabalho

Escrito por
Jovem treinador terá agora em mãos a missão de devolver o futebol às gentes de Arcos. Jovem treinador terá agora em mãos a missão de devolver o futebol às gentes de Arcos. D.R

Hugo Painho está de volta ao Arcoense, clube que representou, capitaneou e de onde saiu para ajudar a "devolver" o futebol sénior ao CF Estremoz. Curiosamente, também em Sousel o Condestável voltou ao activo pelas suas mãos e agora o mesmo acontecerá no emblema de Arcos. O jovem treinador, que também faz parte do departamento de prospecção do Sporting, terá agora em mãos a missão de devolver o futebol às gentes de Arcos e ao "12 de Julho". O regresso acontecerá no campeonato do Inatel, mas o objectivo é criar uma base sólida para que a equipa possa disputar, nas épocas seguintes, o Distrital de Évora.

 
Ardina do Alentejo - Como é que recebeste este convite para treinares o SC Arcoense, um clube que representaste enquanto jogador?
Hugo Painho - Surgiu de conversas entre amigos, membros da direção ou ex-jogadores do SCA, enfim foi tudo muito rápido e foi um misto de convite e de eu próprio me disponibilizar para ajudar. Não houve um convite formal, apenas a necessidade de o SCA voltar e o precisar mais que do nunca que as pessoas que têm algum carinho pelo clube possam disponibilizar a sua ajuda, jogando, gerindo, treinando… Todos fazem falta neste momento e eu senti que era meu "dever" também ajudar com aquilo que sei fazer. Neste momento tenho compromissos com o Sporting Clube de Portugal, assim como também a vida profissional e a possibilidade de um Mestrado em Treino de Alto Rendimento - Futebol, tudo isto somado não me deixava tempo para muito mais, mas achei que ainda assim poderia ser útil a um clube que tanto gosto e admiro. A carga de treinos não vai ser tanta como um distrital ou um nacional mas no entanto garanto que o empenho será o mesmo.
 
Ardina do Alentejo - Quais são os principais objectivos para a época que se avizinha?
Hugo Painho - Mais do que nunca será o de construir alicerces para que o SCA volte a patamares que merece. Não há resultados em termos competitivos na nossa cabeça neste momento, pensaremos jogo a jogo, há sim resultados em termos evolutivos, quer nos jogadores quer no clube, o trabalho será direccionado para criar bases de forma a que o amanhã seja melhor que o presente, e que no final estejamos todos de consciência tranquila, direção, equipa técnica, jogadores conscientes que demos o melhor e que "a máquina está a andar".
Além de toda esta ideia global, tenho de frisar também um dos objectivos: O de voltar a dar Futebol às gentes de Arcos, o de voltar a levar ao Campo 12 de Julho a população e simpatizantes do clube, que, com certeza não esquecem tantas e tantas tardes bem passadas naquele simpático espaço que é do Clube.
 
Ardina do Alentejo - O que é que a direcção do SCA te pediu?
Hugo Painho - Curiosamente nada, isto é, desde o primeiro minuto que estamos em consonância de ideias. O que a direção quer é honestidade, pés assentes na terra, o crescimento sustentado do clube e o regresso do mesmo ao ativo, e o que o Mister Hugo quer é precisamente o mesmo, juntando aqui se conseguir um bom trabalho técnico a nível futebolístico. Portanto mais que me pedir algo, a direcção sabe que pode contar comigo e com o meu profissionalismo para juntos, e repito, juntos atingirmos os nossos objectivos, que no final se resumem a isto: ganhar sim, ganhar sempre que se pode, mas acima de tudo garantir que poderemos ganhar mais no futuro trabalhando bem no presente.
 

A direcção sabe que pode contar comigo e com o meu profissionalismo para juntos, e repito, juntos atingirmos os nossos objectivos.

 
Ardina do Alentejo - Já iniciaste contactos com alguns jogadores que gostavas de ver no teu plantel? Já há jogadores contratados?
Hugo Painho - Sim, tenho tentado alguns contactos, principalmente tentando que sejam os jogadores da terra a dar a cara tal como eu a estou a dar, assim como alguns que não sendo da terra sabem bem o que é aquele balneário. Além disso cativar outros que estejam disponíveis a aprender e principalmente a fazer parte de uma grande família. Mas não está fácil, no entanto se fosse fácil também não era para nós, e uma coisa garanto, independente da qualidade individual ou não que possamos conseguir para o plantel, a qualidade como equipa iremos conseguir com toda a certeza, dentro das nossas possibilidades seremos uma equipa forte, unida e competente.
 
Ardina do Alentejo - Não entendes este como um passo atrás na tua carreira, depois de já teres treinado algumas equipas nos campeonatos distritais, quer em Évora, quer em Portalegre?
Hugo Painho - Claro que pela lógica das coisas a resposta obvia é que sim, aliás a resposta para quem está de fora é essa, mas eu, e não querendo usar um chavão como "dar um passo atrás para dar dois em frente", sou daqueles que acredito que o trabalho não se mede pelo campeonato que disputamos, nós não treinamos campeonatos, treinamos equipas. A Juventus não deixou de ser Juventus quando foi relegada para a 2ª divisão, o Boavista idem e tantos outros casos... Por isso digo sem qualquer tipo de receio que sim, vou treinar uma equipa num campeonato com menor visibilidade, mas eu não deixarei de ser o Hugo Painho e principalmente o clube não deixará de ser o SC Arcoense.
 
Ardina do Alentejo - Que mensagem queres deixar a quem vai ler esta entrevista, em especial aos sócios e adeptos do Arcoense?
Hugo Painho - Penso que já tenha dito praticamente tudo nas questões anteriores, pois acredito que as pessoas entendam a ideia e o espírito com que estamos todos embutidos. E se não posso prometer resultados para já (e não tenho medo de os assumir no futuro) porque vamos ter que fazer um trabalho de fundo com os jogadores que tivermos à disposição, uma coisa prometo, a de que todos os sócios, adeptos e simpatizantes do clube com toda a certeza sentirão orgulho dos seus atletas, que serão honestos, humildes, muito trabalhadores e disciplinados, pois só quem for assim fará parte do meu plantel. Semana após semana quem nos acompanhar verá por certo evolução e empenho e assim sendo estamos todos de parabéns.
 
Ardina do Alentejo - Esta pergunta impõe-se a um sportinguista como tu... Conviveste na Academia de Alcochete com Marco Silva, viste os seus métodos de treino e usaste as redes sociais para elogiar o seu trabalho. Como vês a sua saída de Alvalade e a entrada de Jorge Jesus no SCP?
Hugo Painho - Como por certo entendes, não me posso manifestar a nível pessoal sobre um assunto que é do âmbito da direcção. Trabalho para o Departamento de Prospeção do clube e respeito muito todas as decisões de quem de direito. Sou livre sim para dizer que o Marco é um excelente treinador, faltando alguma experiência que por certo ganhará com o tempo pois o essencial está lá, assim como também conheci uma pessoa amável, simples e de conversa fácil. O Sporting estava bem servido dentro do campo, fora dele a direção diz ter razão de queixa, e como tal não me compete a mim analisar. Quanto ao substituto e analisando apenas a parte que me compete, a parte técnica, também posso garantir que o Sporting está super bem servido, pois embora apenas tenha assistido a uma palestra do Mister Jesus há uns anos atrás (e logo aí senti todo o seu conhecimento) os resultados e qualidade das equipas que treina falam por si. É um apaixonado pelo futebol, respira 24 horas a modalidade e o que lhe falta em palavras e termos científicos para transmitir aos órgãos de comunicação social muitas vezes, sobra em conhecimentos e sabedoria para potenciar ao máximo os seus jogadores. Por aqui não ficamos a perder com toda a certeza.
Para terminar queria agradecer ao Ardina do Alentejo, em especial a ti Pedro pelo interesse, em meu nome e do SC Arcoense, e dizer que estamos disponíveis ao longo do ano para colaborar contigo e com todos os órgãos de comunicação social que assim o entendam. O futebol, e o desporto em geral, é de todos e vive de todos, cada um com a sua competência, comentando, escrevendo, jogando, assistindo, enfim, o futebol precisa de todos. Um forte abraço e Saudações Desportivas a todos os que são pelo Desporto.
 
Modificado em quarta, 01 julho 2015 21:48

Deixe um comentário