quarta, 11 dezembro 2019
quinta, 03 outubro 2019 01:20

Um novo e diferente espaço vai nascer em Estremoz – Patine - Café e Loja Vintage

Escrito por
A nova Patine – Café e Loja Vintage está a nascer igualmente no Largo General Graça, nas antigas instalações do Zé's Pub, o primeiro bar de Estremoz A nova Patine – Café e Loja Vintage está a nascer igualmente no Largo General Graça, nas antigas instalações do Zé's Pub, o primeiro bar de Estremoz DR
A Patine – Antiques e Vintage, loja onde se pode encontrar velharias, antiguidades, peças dedicadas aos amantes do coleccionismo e muitas curiosidades, abriu as suas portas no dia 10 de Março do ano de 2018, em Estremoz, no Largo General Graça. Porém, a necessidade de crescer enquanto loja, aliada ao sonho de criar um espaço diferente na cidade branca do Alentejo, fizeram com que Carlos Rosa e Helena Baptista, os rostos da Patine, olhassem para o futuro, realizassem um investimento e mudassem de instalações.
 
A nova Patine – Café e Loja Vintage está a nascer igualmente no Largo General Graça, nas antigas instalações do Zé's Pub, o primeiro bar de Estremoz, que era propriedade de José Lameiras, e abre as suas portas a 12 de Outubro.
 
Ardina do Alentejo quis saber mais e esteve à conversa com Carlos Rosa, que nos falou sobre este novo projecto, das diferenças entre esta e a antiga Patine, tendo mesmo lançando um repto a todos aqueles que forem ler esta entrevista.
 
Ardina do Alentejo – Que obras é que estão a acontecer no espaço onde outrora funcionou o mítico Zé’s Pub, o primeiro bar estremocense, e o que é que vai agora surgir?
Carlos Rosa (CR) – Fizemos todo o tipo de melhoramentos necessários porque o bar era já muito antigo. A configuração permanece mas todo o espaço vai ser aproveitado para exposição/venda de antiguidade, velharias e artigos vintage, com uma cafetaria de apoio.
 
Ardina do Alentejo – Como é que surgiu esta oportunidade de negócio?
CR – O negócio já existia bem perto, umas portas abaixo, só com a vertente loja (Patine) e neste novo local estão reunidas as condições para crescer como loja e juntar um serviço de cafetaria, esplanada onde iremos servir pequenos almoços, lanches e tapas com produtos típicos de Estremoz.
 
Ardina do Alentejo – Quando é que as obras estão concluídas e para quando a abertura do Café e Loja Vintage Patine?
CR – A Patine abre portas dia 12 de Outubro, sábado, com o horário das 9 às 20 horas.
 
Ardina do Alentejo – Já fazia falta em Estremoz um espaço com estas características… É um sonho tornado realidade ou é um investimento com risco calculado?
CR – É  sempre um investimento mas é o acreditar que num espaço que queremos diferente conseguimos reunir vários temas que tanto agradará aos estremocenses como a todos aqueles que nos visitam. Também é verdade que idealizávamos este espaço há muito e como o sonho comanda a vida…
 
Ardina do Alentejo – Para quem vai ler esta entrevista, que mensagem lhes queres deixar?
CR – Em primeiro lugar - Não deitem nada fora!!! Compramos, vendemos e trocamos antiguidades, velharias e artigos vintage. Como alguém disse: ”O lixo de uns é o tesouro de outros”. Se não quiser fazer nenhum negócio venha apreciar uma “exposição” permanente de peças do tempo dos nossos avós enquanto toma uma bebida ou come uma tapa alentejana.
Modificado em quinta, 03 outubro 2019 12:26

Deixe um comentário