segunda, 23 setembro 2019
quarta, 23 janeiro 2019 09:46

Cara Linda Produções comemora 15 anos de existência

Escrito por
Festa comemorativa dos 15 anos da Cara Linda Produções foi o mote para uma breve conversa Festa comemorativa dos 15 anos da Cara Linda Produções foi o mote para uma breve conversa DR
Nasceu em Vila Franca de Xira, há 35 anos, mas foi na cidade de Estremoz que cresceu. Foi igualmente na cidade branca do Alentejo onde estudou, onde se estabeleceu profissionalmente e onde constituiu família.
 
Defensor acérrimo da cidade que o viu crescer, Flávio Silva, sobejamente conhecido por todos como Cara Linda, é um dos mais empreendedores empresários de Estremoz.
 
Há 15 anos atrás fundou a Cara Linda Produções e desde então não há festa ou evento que se realiza na região que não conte com a chancela da empresa estremocense.
 
De forma a comemorar condignamente 15 anos “a criar magia no seu evento”, Flávio Silva organizou um evento, que se realiza no próximo dia 2 de Fevereiro, a partir das 23 horas, no salão da Sociedade de Artistas Estremocense, junto ao Lago do Gadanha. Nesta festa, que certamente ficará na memória de todos, e que a organização promete durar até de manhã, irão marcar presença David Antunes e o seu irmão André Antunes, Zé Mendes e as suas bailarinas, Miguel Bravo, Los Chupitos, a dupla Mete Penes, e os dj's José Lameiras, Cyer Gi, Silver Soul, Rui Gonçalves, Boss Dici, S-Silva e Nuno Sardo.
 
Esta festa comemorativa dos 15 anos da Cara Linda Produções foi o mote para uma breve conversa com um dos mais conhecidos empresários estremocenses.   
 
Ardina do Alentejo - Têm sido uns bons 15 anos de Cara Linda Produções?
Flávio Silva (FS) - Sim, têm. Essencialmente porque fazemos o que gostamos, ou seja, trabalhamos com gosto. São 15 anos a criar magia no seu evento.
 
Ardina do Alentejo - Qual foi o artista ou espectáculo que mais gozo te deu produzir em Estremoz?
FS - Economicamente foi quando trouxe a Estremoz, o Badoxa, em conjunto com outros colegas. Mas a nível de prazer foi quando trouxe o José Cid, pois sou fã dele.
 
Ardina do Alentejo - E o reverso da medalha... Qual foi aquele que nunca conseguiste contratar ou que não deverias ter trazido a Estremoz?
FS - Nunca consegui contratar o Elton John. (risos) O que nunca devia ter trazido, não será bem o termo, mas sim o que nunca devia ter feito, foi o Carnaval no meio do Rossio Marquês de Pombal. Quando montei a tenda para os festejos de Carnaval perdi muito dinheiro.
 
Ardina do Alentejo - A Cara Linda Produções ocupa muito tempo da tua vida... Vais abrandar o ritmo ou já estás com novos projectos na mão? 
FS - Parar é morrer. Tentamos sempre inovar e ser criativos.
 
Ardina do Alentejo - O que podem todos aqueles que se deslocarem aos Artistas no próximo dia 2 de Fevereiro, esperar?
FS - Podem esperar uma grande noite de animação, onde vão estar muitos amigos a actuar. E garantimos que vai ser até de manhã.
 
Ardina do Alentejo - Que mensagem queres deixar a todos aqueles que forem ler esta entrevista?
FS - Quero deixar a seguinte mensagem: herdei do meu pai três pontos fundamentais: seriedade, honestidade e a defesa do nome "Cara Linda", pois foi com ele que tudo começou, porque era a ele que chamavam “Cara Linda”.
Baseando-me nestes três pontos, construi aquilo que acho que é fundamental para uma caminhada de muito trabalho com sucesso. Há 15 anos que criamos magia no seu evento. 
E não podia terminar esta entrevista sem vos convidar. Dia 2 de Fevereiro, compareçam no salão dos Artistas, para todos juntos fazermos a festa.
Modificado em quarta, 23 janeiro 2019 18:26

Deixe um comentário