terça, 20 fevereiro 2018

Hóquei feminino está de regresso à cidade de Estremoz

Escrito por  Publicado em Desporto quarta, 14 fevereiro 2018 01:28
As jogadoras e o treinador do CDA Externato São Filipe decidiram transferir-se para o CF Estremoz As jogadoras e o treinador do CDA Externato São Filipe decidiram transferir-se para o CF Estremoz DR
Não é novidade para ninguém que Estremoz é uma terra apaixonada por hóquei em patins, e que foi através dessa modalidade que algumas das páginas mais bonitas do desporto desta cidade foram escritas a letras de ouro.
 
O CF Estremoz marcou presença na 1ª Divisão Nacional da modalidade, e um jogador saído da sua cantera, José António, sagrou-se Campeão do Mundo, no Chile, em 1962. Vários têm sido também aqueles que deixam o hóquei patinado estremocense para os melhores clubes nacionais. João Sardo, para o SL Benfica, e Luís Cebola, para o Sporting CP, são os mais recentes exemplos.
 
Mas também no hóquei feminino, através do já extinto CDA Externato São Filipe, a cidade de Estremoz fez história. O clube azul e branco marcou presença, várias épocas, na 1ª Divisão Nacional, tendo mesmo a equipa liderada por João Coruche Mendes disputado a Fase Final de Apuramento de Campeão Nacional. Disputou, no ano de 2007, a Final da Taça de Portugal, sendo a primeira vez que uma equipa de Estremoz chegou à final de uma Taça de Portugal num desporto colectivo. E a agora ídolo do futebol feminino nacional, Carolina Mendes, vestiu por diversas vezes, a camisola das quinas da selecção nacional de hóquei em patins, enquanto atleta do clube estremocense.
 
De forma a honrar a brilhante história do hóquei em patins em Estremoz, e também para que o hóquei feminino não acabasse na cidade branca do Alentejo, as jogadoras e o treinador do CDA Externato São Filipe, na impossibilidade de representarem o clube azul e branco, decidiram transferir-se para o CF Estremoz.
 
Através da página “Hóquei Feminino CFEstremoz” na rede social Facebook, as agora atletas encarnadas informam que a equipa irá começar a sua participação na Taça da Associação de Patinagem de Lisboa, já no próximo Domingo, fora de portas, diante da formação da APAC Tojal. O primeiro jogo das “encarnadas” em casa, no Pavilhão Municipal de Estremoz, acontecerá no dia 24 de Fevereiro, Sábado, pelas 15 horas, diante da UDC Nafarros.
 
O plantel feminino do CF Estremoz, que começou a treinar às ordens do Professor João Coruche Mendes, no passado mês de Setembro, quer com os escalões de formação do clube, quer com os seniores encarnados, é composto pelas seguintes atletas: Seniores – Ana Catela (GR), Inês Mendes, Inês Santos, Patrícia Lopes, Dina Letras e Margarida Caldeirinha; Sub -17 e Sub -15 – Carlota Russo, Carmo Potier Teixeira, Teresa Rezende, Maria Inês Gouveia, Inês Graça e Rita Verdugo.
 
Para além de quererem dar continuidade ao hóquei em patins no feminino na cidade de Estremoz, e tal como foi confidenciado ao Ardina do Alentejo por uma jogadora do plantel encarnado, “a ideia passa muito por integrar as mais novas nas seniores e fazer uma "renovação"”.
 

Deixe um comentário

Mais Populares