segunda, 16 dezembro 2019
segunda, 01 fevereiro 2016 01:35

Miguel Tira-Picos - "Saio de Estremoz com o coração muito cheio"

Escrito por
"Sete Pecados do Espectáculo" tem encenação do jovem estremocense "Sete Pecados do Espectáculo" tem encenação do jovem estremocense Nuno Soveral

O voltar a pisar o palco do Teatro Bernardim Ribeiro, agora acompanhado pelos seus colegas da companhia “Armazém 13”, era um sonho e um projecto antigo do jovem estremocense Miguel Tira-Picos.

O sonho de vir mostrar o seu trabalho na cidade que o viu nascer tornou-se realidade no passado dia 23 de Janeiro, com duas apresentações de “7 Pecados do Espectáculo”, uma performance cuja assinatura da encenação lhe pertence.
 
“Um dos melhores espectáculos que já passou por este teatro”, “Muito bom”, “Extraordinário”, “Valeu a pena” e “Eles são muito bons” foram alguns dos comentários que a equipa de reportagem do “Ardina do Alentejo” foi ouvindo por parte dos espectadores que assistiram a “7 Pecados do Espectáculo”.
 
Depois da sessão da noite, que esgotou a mais emblemática sala de espectáculos estremocense, "Ardina do Alentejo" esteve à conversa com um muito radiante Miguel Tira-Picos. 
 
Ardina do Alentejo - Que balanço fazes destas duas apresentações do “7 Pecados do Espectáculo” em Estremoz?
Miguel Tira-Picos (MT) - Foi dar o tupo por tudo. Foi com muita garra, com muita energia, uma óptima energia, tanto nossa em palco, como do público, que nos deu uma grande recepção.
Saio de alma cheia, de coração cheio, saio muito feliz, porque para além de uma responsabilidade é sempre uma honra e um prazer pisar o palco do Bernardim Ribeiro.
 
Ardina do Alentejo - Sendo tu um filho da terra, sentiste um orgulho muito grande ao ver este belíssimo teatro completamente cheio…
MT - Sinto que é bom… Passado alguns anos de ter saído de Estremoz, e voltar e conseguir ter uma casa cheia, ver que as pessoas querem ver o meu trabalho e o trabalho dos meus colegas, é inexplicável, é um misto de emoções.
Ver tantas caras que já não vejo há tanto tempo, ouvir todos os comentários que as pessoas fazem, o espectáculo é bom ou é mau, e tendo em conta que ainda ninguém disse que era mau, graças a Deus (risos).
Mas saio mesmo muito de coração cheio.
 
Ardina do Alentejo - E projectos para o futuro? Continuar os “7 Pecados do Espectáculo”… Há mais espectáculos na companhia?
MT - Na companhia continuamos com os nossos espectáculos. Os “7 Pecados do Espectáculo” estão em modo de rampa de lançamento. Tivemos o Armazém 13, tivemos o Tivoli, tivemos o Bernardim Ribeiro, esperamos agora ter novas propostas. Posso adiantar que temos algumas propostas em vista, mas ainda nada certo.
 
Ardina do Alentejo - A quem veio ao Teatro Bernardim Ribeiro ver os “7 Pecados do Espectáculo” e a quem vai ler esta tua entrevista, que palavra lhes diriges?
MT - Apoiem a cultura, apoiem os velhos, dando oportunidade aos novos. Não tenham medo de deixar de comprar um par de calças para poderem vir ver um espectáculo. A cultura veste-nos muito mais do que roupa, a cultura faz de nós melhores pessoas. Apoiem sempre a cultura. 
 
Modificado em segunda, 01 fevereiro 2016 02:11

Deixe um comentário