terça, 02 junho 2020
quinta, 12 dezembro 2019 02:49

Festival Internacional de Música de Marvão sem apoio da Cultura

Escrito por
A edição de 2020 do FIMM, a sétima, será alargada para 17 dias, e terá lugar entre 24 de Julho e 9 de Agosto A edição de 2020 do FIMM, a sétima, será alargada para 17 dias, e terá lugar entre 24 de Julho e 9 de Agosto DR
O Festival Internacional de Música de Marvão (FIMM) foi excluído dos apoios da Direcção Geral das Artes para o biénio 2020/2021.
 
A organização do FIMM confessa ter sido apanhada de surpresa com esta decisão do Ministério da Cultura, referindo que “o Governo parece ser a única entidade que não reconhece o mérito do festival”.
 
Daniel Boto, porta da voz da organização, e em declarações à Rádio Portalegre, refere que apesar da candidatura ser elegível, a mesma não obteve o apoio do Governo liderado por António Costa devido a “problemas de dotação orçamental”. Por outras palavras, pode dizer-se que “quando chegou a vez de Marvão já não havia dinheiro”.
 
Este elemento do FIMM deixa bem claro que a falta de apoio não coloca em risco a manutenção do festival, lamentando no entanto que o evento saia prejudicado, nomeadamente ao nível do número de concertos gratuitos que a organização oferece, que costuma ser na ordem dos 25 por cento.
 
A edição de 2020 do FIMM, a sétima, será alargada para 17 dias, e terá lugar entre 24 de Julho e 9 de Agosto. A organização espera receber a visita ao evento de cerca de doze mil pessoas, mais duas mil do que na edição do ano de 2019.
 
Esta decisão de não apoio da DG Artes ao FIMM, já levou mesmo os deputados eleitos pelo círculo de Portalegre, ambos eleitos nas listas do PS, a questionarem a Ministra da Cultura, Graça Fonseca, sobre a política de financiamento.
 
Luís Testa e Ricardo Pinheiro pretendem saber porque o Alentejo perdeu apoios, quando a nível nacional se registou um incremento considerável dos apoios estatais às artes.
 
Os deputados pedem ainda à governante para esclarecer quais os critérios objectivos que levaram à exclusão da candidatura do Festival Internacional de Música de Marvão, deixando claro que a resposta “problemas de dotação orçamental” não é muito convincente.
 
c/ Rádio Portalegre
Modificado em quinta, 12 dezembro 2019 04:36

Deixe um comentário